Perpétua, Milani e Flaviano fogem à responsabilidade. Jéssica diz sim e Alan Rick reprova Fundão que vai financiar campanha

A deputada Jéssica Sales, do MDB, votou pela aprovação do fundão eleitoral, no valor de R$ 2 bilhões, para custear campanhas políticas a partir de 2020. Perpétua Almeida (PCdoB), Vanda Milani (Solidariedade), Flaviano Melo (MDB) e Manuel Marcos (PRB) fugiram da responsabilidade e sequer votaram. O deputado Alan Rick, por sua vez, disse NÃO à proposta que, junto com o fundo partidário, financia o dia-a-dia dos partidos e as campanhas políticas no país.

Nem é preciso dizer que, num momento em que o país inteiro aperta os cintos, é um acinte ver a classe política conceder aumentos vultosos aos recursos destinados a campanhas eleitorais. Seria de se esperar que, ao menos, mantivessem-no inalterado. O real objetivo, contudo, deveria ser reduzir o montante de recursos do país que é destinado à campanha política. A leitura acima é feita pela imprensa crítica que defende recursos doados com transparência e devidamente registrados.

O Podemos deve mover ação de inconstitucionalidade junto ao STF.

O valor determinado para o fundo eleitoral, responsável por financiar as eleições do ano que vem, é o mesmo estipulado pelo Planalto, quando revisou a primeira proposta elaborada pelo executivo, que previa R$ 2,5 bi para o fundão.

Há críticas setoriais aos parlamentares, afirmando que eles estavam retirando grandes somas da saúde para colocar no fundão. Havia um receio dos parlamentares de que a proposta com valor maior fosse vetada pelo presidente Bolsonaro, o que colocaria toda a responsabilidade em aprovar um aumento nos deputados e senadores.

O relator, deputado Domingos Neto (PSD-CE), no entanto, reduziu ainda mais a previsão, retornando ao valor inicial do governo, após o presidente Bolsonaro negar que teria acordado com o Congresso o valor de R$ 2,5 bi.

Apagaram as luzes aumentando o fundo eleitoral de 1,7 bilhão de reais para 2 bilhões de reais, como esperado depois de Jair Bolsonaro dizer que vetaria uma soma maior.