No menu items!
26 C
Rio Branco
quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Gladson Cameli e Estado do Acre processam jornalista que noticiou afastamento por problemas psicológicos

Últimas

O cidadão Gladson de Lima Cameli irá processar o site 3 de Julho, autor de uma notícia falsa segundo a qual o governador do Acre estaria se afastando por “problemas psicológicos”. A ação será movida nas esferas cível e criminal. Os advogados do governador devem protocolar as ações nesta segunda-feira.

A Procuradoria Geral do Estado, por sua vez, moverá outras duas ações, reivindicando retratação e indenização por danos morais, injúria e difamação, em razão da informação mal apurada, tratada como “irresponsável, caluniosa e leviana”. O proprietário do jornal, conhecido nas redes sociais como “Alemão” Monteiro, deverá se explicar em juízo. Ele disse ter ouvido uma “fonte da Casa Civil”, mas o advogado Ribamar Trindade, que chefia o gabinete civil, desmente a informação.

Horas após a publicação da fake news, o mesmo site noticiou que um vidente previu a ascensão do Major Rocha governador do Acre.

O site 3 de Julho vem propagando notícias falsas desde o início de 2019, fazendo oposição questionável ao governo.  As reportagens não apontam fontes das informações, e os conteúdos são escritos contrariando as normas do jornalismo, com intenção clara de confundir a opinião pública e causar desgastes ao governo.

O governador tem dito que apóia a liberdade de expressão, mas não irá admitir o jornalismo oportunista.

Abaixo, a nota oficial emitida pelo governo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado da Casa Civil, acerca da notícia sensacionalista veiculada nesta terça-feira, 21 de janeiro de 2020, no sítio 3 de Julho, intitulada “Exclusivo: Segundo informações da Casa Civil (casa rosada), Gladson pode se afastar do governo por problemas psicológicos”, vem a público esclarecer que tais afirmações são inverídicas e caluniosas, pois o governador está pleno de saúde física, mental e psicológica.

As informações levianas do referido meio de comunicação são ilações irresponsáveis e demonstram a clara intenção em tentar desestabilizar as relações institucionais do Governo do Estado, além de confundir a opinião pública quanto ao real estado de saúde física e psicológica do governador Gladson Cameli.

A Secretaria de Estado da Casa Civil e a pessoa física do governador Gladson Cameli tomarão as medidas judiciais cabíveis contra todas as afirmações infundadas.

Lamentamos, ainda, que o precioso direito à liberdade de expressão e o nobre ofício de informar à sociedade sejam, por vezes, vilipendiados por pessoas que insistem em descumprir o compromisso social do jornalismo com a verdade e com a população do Estado do Acre.




- Advertisement -

Mais notícias