No menu items!
33 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Governo do Acre põe profissionais em sobreaviso no PS de Rio Branco para possíveis casos de Coronavírus

Últimas

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

Policiais penais encontram 178 tabletes de droga em embalagens de creme dental

  Material seria encaminhado para oito presos do Complexo Penitenciário de Rio Branco Ascom/Iapen Policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) impediram na manhã desta sexta-feira,...

AC obtém licença para estrada entre Feijó e Envira. Gladson avança em tratativas com Governo do Amazonas

Com a licença ambiental em mãos e as obras já em andamento do lado acreano, o governador do Acre, Gladson Cameli, esteve em Manaus...

Pelo menos duas enfermarias de isolamento estão prontas para receber eventuais pacientes contaminados pelo coronavírus 2019-nCoV, no Pronto-Socorro de Rio Branco, segundo a Gerência-geral do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Desde que foi inaugurado pelo governador Gladson Cameli, no dia de 6 de agosto do ano passado, a unidade conta com quatro enfermarias de isolamento, sendo duas vagas para homens e duas vagas para mulheres.

No entanto, uma única enfermaria pode acomodar adequadamente até três pacientes, se for a caso, segundo explica a enfermeira Mônica Silvina Maia Nascimento, gerente de Assistência e de Regulação de Leitos, onde funciona o Pronto-Socorro.

Areski Peniche, gerente-geral do Huerb, afirma que o hospital está tomando todas as medidas administrativas e assistenciais necessárias para o enfrentamento de possíveis situações de contaminação.

“As equipes estão sendo capacitadas, desde o corpo administrativo ao corpo clínico, e também já adquirimos máscaras M-95 para o rosto [que protegem boca e nariz de vírus, numa proporção de até 95%]”, afirma Areski Peniche. Ele confirma que duas enfermarias já estão reservadas para atender pacientes que eventualmente contraírem o 2019-nCoV.

Neste final de semana, a reportagem esteve no Pronto-Socorro para acompanhar o trabalho de preparação desses leitos, que na verdade são como apartamentos, no quarto andar.

Na antessala há uma pia para que o profissional de saúde a utilize após o contato com o paciente, enquanto que no interior há um amplo banheiro e um espaço que pode comportar até três pacientes.

Mônica Nascimento pontua que as experiências anteriores com vírus, como o da cólera e da H1N1, por exemplo, permitiram aos profissionais do Acre acumular experiências para lidar com essas situações, facilitando o manejo de paciente e enfrentamento da doença.

Da Secom




- Advertisement -

Mais notícias