No menu items!
26 C
Rio Branco
segunda-feira, outubro 26, 2020

Asa Branca morre aos 57 anos, em São Paulo, vítima de câncer

Últimas

Jornalista afirma que assessores de Jéssica Sales também espalham Fake news para atacar governador Gladson Cameli

Leandro Altheman, jornalista na região do Juruá, costuma fazer publicações contra o que chama de velha política. O jornalista afirma que as fakenews contra o...

Novos talentos: jornalista promove incentivo e premiação para crianças

A jornalista e apresentadora do canal ARTISTA EM FOCO, no YouTube, Katiussi Melo, organizou uma programação especial nesse mês de outubro, em comemoração ao...

Polícia Federal usará drones para fiscalizar eleições no Acre

A Polícia Federal usará DRONES durante as eleições a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais. Visando aumentar a segurança...

Além de amantes, prefeito Bira, de Xapuri, paga comissionados fantasmas que fazem Medicina na Bolívia

Além de duas supostas amantes do prefeito Bira Vasconcelos, pelo menos quatro estudantes de Medicina na Bolívia estariam incluídos na lista de funcionários fantasmas. Eles...

No PSL do Acre, candidato com mais potencial recebe mais fundo partidário

Se engana quem pensar que o candidato mais pobre terá maior repasse do fundo partidário para tocar sua campanha. Esse critério passou longe das...

Morreu nesta terça-feira (4), aos 57 anos, Waldemar Ruy dos Santos, conhecido como Asa Branca. Ele lutava contra um câncer na mandíbula e uma infecção causada pelo rompimento dos tumores.

O anúncio foi feito na página oficial do artista nas redes sociais. Ainda não há mais informações sobre enterro e sepultamento. “É com muito pesar que informo o falecimento do nosso querido Waldemar Ruy Asa Branca dos Santos”, disse o comunicado.

O locutor de rodeios, que também era portador do vírus HIV, estava internado no Instituto do Câncer, em São Paulo, desde o dia 25 de janeiro.

A família havia criado uma vaquinha virtual para arcar com custos do tratamento. Foram arrecadados mais de R$ 13 mil, de uma meta de R$ 50 mil.

“Asa branca teve um câncer de boca onde fez 33 sessões de radioterapia e teve uma radionecrose onde morreu o osso da face. Está fazendo tratamento nos Estados Unidos. As despesas aqui são altas e o tratamento é longo, pois ele não pode fazer cirurgia por ter baixa imunidade. Ajude ele a terminar o tratamento”, descrevia o pedido de ajuda da família no site de financiamento coletivo.

Asa Branca nasceu em 1962 em Tiriúba, município no interior de São Paulo, e fez fama na década de 90 como a voz de grandes rodeios, que o levou a participar de novelas como Mulheres de Areia (1993) e O Rei do Gado (1996), da TV Globo. À época, ele chegava a faturar até R$ 300 mil por mês e levava uma vida badalada, regada a bebida, drogas, festas e mulheres, conforme o mesmo já revelou. Em 1999, ele recebeu o diagnóstico do HIV.

O locutor era casado com Sandra dos Santos e tinha seis filhos, todos de relacionamentos anteriores.

Via R7 com




- Advertisement -

Mais notícias