O conto mirabolante do deputado Neném Almeida sobre a Inteligência da PM

O deputado Neném Almeida contou uma história pouco confiável, sem provas, ao se pronunciar na sessão desta quinta-feira, na Aleac. Disse ter sido chamado a conversar com policiais, na casa de sua mãe, oportunidade em que os militares”, bastante nervosos”, lhe confidenciaram haver mais de 50 roubos diários em Rio Branco”. Seriam PM´s “de dentro da Inteligência da polícia”, segundo disse o deputado.

O deputado se disse “preocupado” com as “revelações” dos militares, aos quais ele chamou de “amigos”. Sem apresentar nomes, o parlamentar atribuiu aos militares a acusação de que “muitas vezes não tem efetivo nem Intenet nas delegacias”, razão pela qual nem toda ocorrência é registrada.

“Eu estou pedindo socorro”, apelou ele. “Sei da boa intenção do governador, mas isso não basta.

Na inteligência os policiais trabalham sem farda e em viaturas não caracterizadas. Eles vão pra rua fazer levantamentos