Após denúncia do acjornal, médica lançada na folha do estado sem concurso pode ser demitida, informa Sesacre

A Secretaria de Saúde do Acre emitiu nota, há pouco, informando estar tomando providências no caso da médica Wanda Andrade, que aparece na folha de servidores ativos como aprovada em processo simplificado sem que seu nome esteja na lista de classificados. O processo seletivo finalizou em novembro e, no mês seguinte, Wanda entrou na folha como médica do Samu.

Ela está em Paris com o namorado, o coordenador do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, Pedro pascoal, indicado ao cargo pela deputada federal Wanda Milani. Veja a denúncia completa AQUI, publicada na manhã deste sábado.

Abaixo, a nota assinada pela secretária adjunta da Sesacre, Paula Mariano.  A subsecretária menciona contrato emergencial, contrariando a inscrição “simplificado” na folha de pagamento.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informa que o seu Departamento de Atenção em Saúde está tomando todas as providências necessárias que o caso requer sobre a médica Wanda Andrade de Sousa.

Informa que a profissional foi contratada em regime emergencial e que estará sujeita a sanções administrativas, de acordo com o que for constatado em processo administrativo, podendo, inclusive, ser demitida dos quadros da Sesacre, já que, enfatizando, foi contratada em caráter emergencial.

Rio Branco, AC, 8 de fevereiro de 2020.

Paula Mariano
Secretária-adjunta de Estado de Saúde do Acre