No menu items!
24 C
Rio Branco
quinta-feira, outubro 22, 2020

Gratuidade da Carteira de Habilitação é ideia justa e correta

Últimas

 Prefeito petista de Xapuri manda única retroescavadeira para fazenda de amigo e município leva prejuízo de R$ 500 mil

 Uma retroescavadeira avaliada em quase meio milhão de reais, pertencente à Prefeitura de Xapuri, teria ficado inoperante ao cair de uma ponte, dentro de...

Advogado Lázaro Barbosa promete, se eleito, desmontar em 3 meses o esquema das empresas de ônibus em Rio Branco

O candidato a Vereador Lázaro Barbosa, jornalista e advogado, apresentou nas suas redes sociais uma proposta que está repercutindo bastante, destinada a baixar o...

Jarbas Soster reafirma compromisso com servidores públicos de Rio Branco

Na tarde desta quarta-feira, 21, o candidato a prefeitura de Rio Branco, Jarbas Soster, participou de uma reunião com a diretoria do Sindicato dos...

Caso Jonhliane: Ícaro e Alan viram réus, irão a júri popular e podem pegar até 30 anos cada

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto e o estudante Araújo de Lima passaram da condição de acusados para réus no processo que apura...

Médico diz pra Rocha pedir pra “cagar”, renunciar e largar os privilégios do governo. “Quer enganar a quem”?

O médico Luciano Carioca perdeu a paciência com o vice-governador Major Rocha. Ele se sentiu incomodado com os ataques do militar ao governo e...

Todo mundo concorda que devemos desburocratizar o estado brasileiro. Mas tente mexer com qualquer das arapucas, artimanhas e despesas inúteis criadas nos últimos 500 anos. Capaz até de ter gente que pegue em armas para defender a tomada de três pinos. Povo doido.

Um caso exemplar foi a gritaria quando Bolsonaro quis acabar com a obrigatoriedade do simulador de direção em autoescolas. Foi um auê. No fundo, a turma gosta de ser obrigada a obedecer a ordens do Estado. Paternalismo, o nome disso.

ois o tema voltou ao debate com projeto de lei da senadora Katia Abreu. Candidata a vice de Ciro Gomes, amigona da Dilma, defensora de Regina Duarte e oposição crítica ao governo Bolsonaro, a parlamentar é a pessoa mais independente possível para propor a gratuidade da Carteira Nacional de Habilitação e o fim da obrigatoriedade de aulas de direção.

Vale insistir: ninguém é maluco de defender que pessoas sejam autorizadas a dirigir veículos sem serem submetidas a testes rigorosos. O Detran continua. É questão de vida ou morte, seria irresponsabilidade – da mesma forma que é insano obrigar todo mundo a pagar por serviços desnecessários.

Cada caso é um caso. Sempre haverá quem queira aulas particulares. As autoescolas não vão desaparecer. Mas vão deixar de ser cartórios que vivem de uma lei obsoleta. Vai acabar a reserva de mercado. O curral. A mamata. A despesa. E a doideira.




- Advertisement -

Mais notícias