No menu items!
24 C
Rio Branco
quarta-feira, outubro 21, 2020

Bestene rebate ilações de Jorge Viana: desesperado, irresponsável

Últimas

Caso Jonhliane: Ícaro e Alan viram réus, irão a júri popular e podem pegar até 30 anos cada

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto e o estudante Araújo de Lima passaram da condição de acusados para réus no processo que apura...

Médico diz pra Rocha pedir pra “cagar”, renunciar e largar os privilégios do governo. “Quer enganar a quem”?

O médico Luciano Carioca perdeu a paciência com o vice-governador Major Rocha. Ele se sentiu incomodado com os ataques do militar ao governo e...

Coação e constrangimento: Estação Vip penaliza vigilantes e ameaça demitir quem não votar no candidato do coronel Ulisses

Os 250 vigilantes que trabalham na Estação Vip estão intimados a votar no instrutor de tiros Júlio Veras, candidato a vereador da capital. A...

Cruzeiro do Sul: sargento Adonis assume compromisso com taxistas

O candidato pela coligação “A Verdadeira Mudança”, Sargento Adonis, reuniu-se com taxistas na sede do sindicato, no Bairro da Baixa, na noite desta terça-feira...

Bolsonaro, Ciro Gomes, Dória e Lula apadrinham campanhas Brasil afora, mas nenhum deles vem ao Acre

O Blog do Assem apurou que os candidatos Bocalom (PP), Minoru Kinpara (PSDB) e Roberto Duarte (MDB) tentam em vão o apoio presencial de...

No desespero, o x-senador Jorge Viana, reapresentando a fatídica credencial de quem só ajudou a destruir o Acre nos últimos 20 anos, tenta desqualificar o trabalho que vem sendo realizado pelo governador Gladson Cameli e nossos secretários.

É de se lamentar a tentativa de o ex-governador de se reaproximar do povo que tanto fez mal, por meio de declarações maldosas e desnecessárias que só causam confusão na opinião pública. Seria mais honesto se Viana tivesse consultado o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão ligado ao ministério da Economia. Teria visto que o Acre fechou 2019 entre os estados que mais criaram postos de trabalho com carteira assinada – o melhor resultado já registrado nos últimos oito anos e confirma o reaquecimento da economia local. Saldo altamente positivo em relação ao último ano de governo petista (2018)

O setor de serviços foi o que mais impulsionou a geração de novos postos de trabalho com 345 admissões. Seguido pela indústria de transformação (151) e a construção civil (148). O crescimento na criação de empregos em 2019 marcou o primeiro ano do governo Gladson Cameli.

Quando assumimos o governo, os servidores estavam com o 13° salário atrasado. Os fornecedores estavam desesperados e a estrutura das nossas secretarias em ruínas.

População e servidores viviam clima de tensão e pessimismo. Mas, com humildade e trabalho, o governador Gladson Cameli e sua equipe conseguiram arrumar as contas e resgatar a auto estima dos trabalhadores e da população.

2019 foi o ano de arrumar a casa, equilibrar as contas, resgatar a credibilidade e, mesmo assim, o governo ainda conseguiu avançar em todos os setores.

Falar de planejamento para quem está com pagamento atrasado…e pensar em planejamento num ambiente em que o Estado está afogado em dívidas, é no mínimo hipocrisia.

Iniciamos 2020 com otimismo e fé!

Acredito que firmamos nossa base e, agora, é hora de voltar a sonhar, gerar emprego e renda, melhorando na Saúde, Educação, Segurança e em todas as áreas.

Deixaremos que aves de agouro, que construíram suas vidas em cima da miséria do nosso povo, falem ao vento!

Nós queremos e vamos trabalhar pelo bem do nosso povo.

José Bestene, deputado estadual pelo PP




- Advertisement -

Mais notícias