No menu items!
30 C
Rio Branco
quarta-feira, outubro 21, 2020

Carnaval foi o menos violento dos últimos seis anos nas estradas e vias urbanas do Acre

Últimas

Caso Jonhliane: Ícaro e Alan viram réus, irão a júri popular e podem pegar até 30 anos cada

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto e o estudante Araújo de Lima passaram da condição de acusados para réus no processo que apura...

Médico diz pra Rocha pedir pra “cagar”, renunciar e largar os privilégios do governo. “Quer enganar a quem”?

O médico Luciano Carioca perdeu a paciência com o vice-governador Major Rocha. Ele se sentiu incomodado com os ataques do militar ao governo e...

Coação e constrangimento: Estação Vip penaliza vigilantes e ameaça demitir quem não votar no candidato do coronel Ulisses

Os 250 vigilantes que trabalham na Estação Vip estão intimados a votar no instrutor de tiros Júlio Veras, candidato a vereador da capital. A...

Cruzeiro do Sul: sargento Adonis assume compromisso com taxistas

O candidato pela coligação “A Verdadeira Mudança”, Sargento Adonis, reuniu-se com taxistas na sede do sindicato, no Bairro da Baixa, na noite desta terça-feira...

Bolsonaro, Ciro Gomes, Dória e Lula apadrinham campanhas Brasil afora, mas nenhum deles vem ao Acre

O Blog do Assem apurou que os candidatos Bocalom (PP), Minoru Kinpara (PSDB) e Roberto Duarte (MDB) tentam em vão o apoio presencial de...

Os dados referentes às ocorrências de trânsito durante o Carnaval 2020, divulgados pelo governo do Estado na manhã desta quinta-feira (27), mostram números satisfatórios na avaliação dos operadores da segurança pública acreana.

Durante os 5 dias de festa foram registrados 8 acidentes em todo o Estado com necessidade de atendimento de socorro às vítimas.

Desse total somente uma ocorrência, registrada em uma rodovia estadual, não teve relação direta com os bailes carnavalescos na ida ou na volta do folião para casa.

Em um desses casos uma pessoa foi a óbito e o restante sofreu escoriações e pequenas fraturas sem muita gravidade. Os números de ocorrências de transito durante a quina carnavalesca foram os mais baixos dos últimos 6 anos.

” A gente trabalhou integrado com as forças de segurança do Estado e o resultado não poderia ter sido diferente”, disse o diretor do Departamento de trânsito do Acre Fernando Duarte em entrevista coletiva.

O órgão realizou 220 atos de notificações e abordagens a motoristas infratores no trajeto aos bailes carnavalescos e autuou em flagrante 55 pessoas por dirigir automóvel sob efeito de bebida alcoólica.




- Advertisement -

Mais notícias