Maiores empregadores, empresários querem a Prefeitura de Cruzeiro do Sul; veja os 5 pré-candidatos

Um dos cenários eleitorais mais polarizados e disputados dentre os 22 municípios acreanos, certamente será Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade do estado.
Governada pelo prefeito Ilderlei Cordeiro (Progressistas), este com índice de rejeição alta, a cidade respira eleição e as articulações começam a ganhar desenho e caras da disputa. Cinco nomes já se lançaram para a opinião pública.

Mesmo correndo o risco de ser cassado, Cordeiro já se lançou pré-candidato à reeleição pelo Progressistas. O MDB, adversário ferrenho de Ilderlei, vem com o nome de Fagner Sales, filho do ex-prefeito Vagner Sales, que rompeu com o grupo de Cordeiro logo após a vitória de 2016.

O PT vai apostar na juventude do Professor Universitário Marcelo Siqueira, que já disputou o pleito de 2012 como vice na chapa que tinha Henrique Afonso, na época do PV, como candidato.

O PSD do senador Petecão se articula nos bastidores para lançar o ex-deputado federal Henrique Afonso, que disputará o cargo pela quarta vez. O mais novo pré-candidato é o empresário Neto do Mercantil Cohab, que ainda não definiu o partido pelo qual disputará, vindo com apoio de personalidades empresariais e fará o discurso do bom gestor, já que o mesmo é notabilizado como um empresário que sabe gerir e trás a força da máquina empresarial, maior empregadora da cidade.

Uma coisa é certa: opções os cruzeirenses terão de sobra. Resta saber se escolherão um nome que supra os anseios da urgente necessidade que a Região tem de se desenvolver e crescer ainda mais. Cruzeiro do Sul tem mais de 80 mil habitantes, com potencial turístico e econômico acima da média local, pode partir de um bom gestor despontar para outro patamar em diversos setores da economia e geração de empregos.