Cruzeiro do Sul: secretária de Saúde está em quarentena e prefeito falta solenidade com tosse, febre e indisposição física

O prefeito de Cruzeiro do Sul (AC) Ilderley Cordeiro não compareceu à uma agenda oficial no núcleo da secretaria Municipal de Educação, na manhã desta terça-feira (10) devido a um forte resfriado. Ele iria participar de uma homenagem às servidoras do Núcleo de Apoio Pedagógico à Inclusão escolar, mas mandou avisar que estava com tose, ameaça de febre e indisposição física que lhe impediam de se fazer presente ao evento.

Os sintomas citados pelo prefeito para não comparecer ao trabalho nesta terça -feira são os mesmos, inicialmente, apresentados por sua secretária de saúde, Juliana Pereira, que se encontra em quarentena desde a última sexta -feira com suspeita de ter contraído o Coronavírus.

Ilderley Cordeiro foi uma das última pessoas a ter contato com a secretaria de saúde antes dela ser colocada em quarentena pela coordenadoria de vigilância epidemiológica do município ao apresentar os sintomas do COVID-19.

Os dois teriam passada cerca de meia hora à portas fechadas, no gabinete do prefeito na última sexta-feira, despachando juntos sobre assuntos referentes à saúde municipal.

Após a reunião com o prefeito, a secretária procurou atendimento no oposto de saúde e foi orientada a ficar em casa de quarentena até os resultados finais dos exames para corona-vírus.

Até a publicação desta matéria ninguém da assessoria de comunicação da prefeitura local tinha vindo a público informar sobre o estado clínico de Ilderley Cordeiro.

O prefeito não tinha comparecido a outros compromissos oficiais e nem havia aparecido na cede da prefeitura.

Ele faltou a duas agendas oficias, na manhã desta terça feira (10), sob alegação de que estaria debilitado por um forte resfriado.