Com Bestene pré-candidato a prefeito, PP filia pai vereador e aguarda o filho deputado. “O PSL libera sem problemas”

O militar reformado N. Lima, ex-deputado e atualmente vereador por Rio Branco, já é Progressista. Teve a ficha abonada pelo próprio governador Gladson Cameli (PP), nesta terça-feira, o que lhe encheu de orgulho. “Momento único. Sou grato pelo convite feito pelo governador e seguirei minha luta política, agora apoiando um dos partidos mais promissores do país”, disse Nogueira Lima, que causou apreensão no PSL ao afirmar que  ia para onde o presidente Bolsonaro fosse. Chegou a se sentir criminalizado, mas a paz reinou e o vereador conquistou um nada consta decidir seu destino sem arestas a aparar.

Mas…e o seu filho, o deputado Wendy Lima? Não vai seguir os passos do pai? Pelo jeito, vai, sim.

Wendy, a depender dele, teria filiado no mesmo ato ao PP, com pose para foto ao lado do pai. Mas há um entrave  que precisa ser remediado. Na mesma situação do pai, ele aguardava, até ontem, duas opções: a janela partidária para se decidir, ou uma liberação amigável.

O acjornal antecipa a decisão do PSL, após uma conversa rápida com o presidente Pedro Valério. Leia abaixo:

“Se o deputado Wendy Lima quiser pedir a desfiliação amigável do PSL, ele terá, sem problema nenhum. O mandato dele não acrescentou nada pra gente até hoje. Que ele seja muito feliz. Ele e o pai, a quem parabenizo por ter sido acolhido pela nova sigla. Eu lhe digo isso por que já é decisão tomada internamente. O PSL tem um projeto muito bem definido de independência., Quem não se afina com esse propósito, tem toda liberdade para sai. Um abraço”.