Bravura? PM precisa entender o que é ato edificante. Baixa capacidade de diálogo e vaidade excessiva ameaçam credibilidade da corporação

Policial militar não deve exercer função de psicólogo, psiquiatra, psicopedagogo, juiz de paz, conselheiro tutelar, conselheiro familiar, tampouco atribui à sua função um vínculo paternal ou maternal para com qualquer cidadão abordado ou em flagrante delito.

No Acre, onde de tudo há e tudo pode, impunemente, se vê uma desinteligência gritante: um aparato publicitário está autorizado a revelar o desvio de finalidade da função militar passando à sociedade uma mensagem antagônica, como se isso agregasse valor à atividade fim da corporação. Ordem esta avalizada pelo comandante da polícia militar, que é político e empresário do ramo de segurança patrimonial, que encontrou uma forma de ser melhor visto pela tropa e se auto promover autorizando vídeos gravados nesse nicho que atualmente vendem bem imagens de instituições – comparados ao programa de visibilidade nacional o renomado POLÍCIA 24HORAS. Não é por aí que se conquista credibilidade. O fracasso no enfrentamento à criminalidade, para ser revertido, exige muito mais que massagem no ego. O Acre não tolera ditadores.

Há de se preocupar, senhor comandante, como mostraram alguns jornais locais, com os atrasos de pagamentos de salários dos seus vigilantes e os abusos que os mesmo sofrem quando reivindicam direitos legítimos. Essa disputa no GÓGÓ sobre quem é melhor que quem na onda bolsonariana está ultrapassada.

Amadureça e não esqueça que nem o seu partido, o PSL, representa mais o Presidente Bolsonaro, outro fato que mostra a sua incapacidade de identificar quais os fatores que caracterizam, por exemplo, um ATO DE BRAVURA. Chegou a ser vergonhoso, para quem conhece a lei, o anúncio de que alguns militares serão assim agraciados.

As características do Ato de bravura, diz a lei, exigem exemplo positivo (ou edificante) deles emanado. Convém ensiná-lo que a promoção por bravura resulta de ato ou atos não comuns de coragem e audácia que, ultrapassando os limites normais do cumprimento do dever, representem feitos indispensáveis ou úteis às operações Policiais-Militares.

Então o comandante reverter suas declarações, que visam somente atrair boa visão para sí frente os praças e a sociedade, sendo que no regimento da PMAC não é permitido promoção por ATO de BRAVURA.

Ao assunto que tanto movimenta as redes sociais é fácil de se resolver: solicite das guarnições envolvidas nos vídeos os seus curriculuns e os analise. Verifique as passagens pelos batalhões anteriores e seus nada constas.

O policial militar é um super herói??

Não, cada força policial exerce suas funções de acordo como determina o ART 144 da constituição federal, que  regulamenta o funcionamento da segurança pública no Brasil. Prevê quais são os tipos de polícias e as funções de cada uma. À Polícia Militar cabem as tarefas de fazer o policiamento ostensivo e preservar a ordem pública. À Polícia Civil cabem as investigações de crimes e o cumprimento de ordens judiciais no âmbito local. A Polícia Federal atua também como polícia judiciária e na investigação de crimes, só que contra a ordem política e social ou em detrimento de bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e empresas públicas.

Uma das dificuldades enfrentadas pela Polícia Militar está ligada justamente ao fato de ser militar. No plano de contato com a sociedade, tem sido criticada por atuar como se estivesse numa guerra – com excessiva força e pouca capacidade de diálogo e entendimento. Isto é despreparo, exceto alguns.

No plano interno, o Código Militar obriga seus integrantes a uma severa disciplina, capaz até de levar à prisão um policial que chegue atrasado ao serviço ou questione ordens de seus superiores. Há na base da PM um grande contingente que também se ressente por não ter direito de organização e greve.

Qual é o papel da polícia na sociedade?

As polícias são, no Brasil, órgãos do Estado que têm a finalidade constitucional de preservar a ordem pública, de proteger pessoas e o patrimônio, e realizar a investigação e repressão dos crimes, além do controle da violência.

Qual é a função de um policial militar?

Neste contexto, a Polícia Militar tem papel de relevância, uma vez que se destaca, também, como força pública estadual, primando pelo zelo, honestidade e correção de propósitos com a finalidade de proteger o cidadão, sociedade e os bens públicos e privados, coibindo os ilícitos penais e as infrações administrativas. Faça-se o policiamento (patrulhamento) ostensivo e preservar a ordem pública. Ponto.