Prefeitura já vacinou quase metade dos idosos de Rio Branco

A Prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), já vacinou quase metade dos idosos da capital nessas duas semanas da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus da influenza. Até a tarde desta quarta-feira, 01, um total de 27.021 pessoas já tinham sido imunizadas. A estimativa é de que Rio Branco tenha algo em torno de 60 mil pessoas com mais de 60 anos, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Só nos cadastros do Sistema Municipal de Saúde e Central de Referência em Assistência Social (Cras), esse número ultrapassa os 47 mil idosos.

E é justamente esse o público alvo – junto com profissionais de saúde – dessa primeira fase da campanha que teve início no dia 23 de março e segue até o dia 15 deste mês. De acordo com o secretário da SEMSA, Oteniel Almeida, esses números são muito expressivos, pois significam que as pessoas estão entendendo a importância do momento quando todos estão lutando contra a expansão da pandemia do coronavírus/covid-19 no Acre.

“A vacina contra a influenza, embora não tenha ação contra o coronavírus, é fundamental para garantir que as pessoas mantenham seus organismos livres de infecção gripal. Isso ajuda muito diante de uma covid-19”, disse Oteniel Almeida.

O secretário explicou que o sucesso da campanha se deve à decisão tomada pela prefeita Socorro Neri de descentralizar os postos de vacinação. Dessa forma, foram criadas duas estratégias, a Vacina no Carro, que fornece a vacina sem que as pessoas precisem sair dos seus carros, e a Vacina em Casa, que permite que o público alvo receba a vacina em suas residências. Esse serviço é feito com base nos cadastros do Cras e do Sistema Municipal de Saúde. Para os que não fazem parte desses cadastros, a Prefeitura disponibilizou o número 3224-4269 para o agendamento de vacinação.

A Vacina no Carro está sendo realizada no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações Unidas, em frente ao 7º BEC. Os profissionais de saúde estão sendo vacinados nas unidades de saúde no período da tarde.

 

Próximas fases

A segunda fase da campanha tem início no dia 16 de abril. A partir de então, o público alvo será composto por doentes crônicos, professores das redes pública e privada e profissionais das forças de segurança e salvamento, e segue até o dia 08 de maio. No dia 9 de maio, inicia a terceira e última fase. Será a vez de vacinar crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes e até 45 dias após o parto, pessoas com deficiência, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

 

Balanço da Campanha de Vacinação

 

23/03 – Segunda – Feira

Vacina sem sair do carro – 1430 pessoas

Vacinas no domicílio – 500 pessoas

 

4/03 – Terça – Feira

Vacinas sem sair do carro – 1.100 Pessoas

Vacinas no domicílio – 3.469 pessoas

 

25/03 – Quarta-feira

Vacinas sem sair do carro – 990 Pessoas

Vacinas no domicílio – 1.531 pessoas

 

26/03 – Quinta-feira

Vacinas sem sair do carro – 760 Pessoas

Vacinas no domicílio – 5.438 pessoas

 

27/03 – Sexta-feira

Vacinas sem sair do carro – 560 Pessoas

Vacinas no domicílio – 4.502 pessoas

 

28/03 – Sábado

Vacinas sem sair do carro – 194 Pessoas

Vacinas no domicílio – 536 pessoas

 

30/03 – Segunda-feira

Vacinas sem sair do carro – 210 pessoas

Vacinas no domicílio – 1.359 pessoas

 

31/03 – Terça-feira

Vacinas sem sair do carro – 313 pessoas

Vacinas no domicílio – 3.740 pessoas

 

01/04 – Quarta-feira

Vacinas sem sair do carro – 173 pessoas

Vacinas no domicílio – 216 pessoas