No menu items!
33 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Melou a ida de Socorro Neri para o PP, mas Bocalom, Ney Amorim e Moisés Diniz estão confirmados no partido de Gladson Cameli

Últimas

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

Policiais penais encontram 178 tabletes de droga em embalagens de creme dental

  Material seria encaminhado para oito presos do Complexo Penitenciário de Rio Branco Ascom/Iapen Policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) impediram na manhã desta sexta-feira,...

AC obtém licença para estrada entre Feijó e Envira. Gladson avança em tratativas com Governo do Amazonas

Com a licença ambiental em mãos e as obras já em andamento do lado acreano, o governador do Acre, Gladson Cameli, esteve em Manaus...

O ex-presidente da Assembléia Legislativa, Ney Amorim, candidato a senador nas eleições de 2018, filiou-se ao Partido Progressista (PP). O ato de filiação reuniu poucos políticos na tarde desta quinta (2), sob o argumento de obediência ao decreto que proíbe aglomeração de pessoas em ambientes públicos. O secretário de Educação de Rio Branco, Moisés Diniz, ex-deputado pelo PCdoB, também assinará filiação ao PP.

Os progressistas se reunirão em dois momentos, na tarde desta sexta. Num primeiro momento, eles irão recepcionar Moisés Diniz, que tem forte influência política em Tarauacá; Noutro instante, horas após, o ex-prefeito de Acrelândia e chefe da Emater, Tião Bocalom, será apresentado como a mais nova aquisição da legenda. Bocalom deixa o PSL.

O presidente da Executiva Municipal do PP, pastor Reginaldo ferreira, confirmou as filiações. Ele disse que Ney Amorim é um quadro político respeitável, que pode contribuir no engrandecimento da legenda “nestas eleições e nas próximas”. Com isso, ganha corpo a possibilidade de o ex-deputado, líder político na Baixada da Sobral, maior colégio eleitoral de Rio Branco, vir a disputar a prefeitura da capital pelo Progressistas.

Sobre a filiação da prefeita Socorro Neri ao PP, hipótese que movimenta, e muito, os bastidores da política local, nenhum dirigente do PP ou do PSB (partido atual dela) arrisca opinar. A prefeita prefere estar focada no enfrentamento ao Covid-19 e não comenta o assunto. O governador também evita pôr lenha nessa fogueira toda.




- Advertisement -

Mais notícias