No menu items!
27 C
Rio Branco
sexta-feira, dezembro 4, 2020

Acjornal flagrou filho do deputado Manoel Moraes “soprando” em licitação suspeita para vender abaixo do preço de fábrica; Relembre

Últimas

Nicolau Junior parabeniza Ronald Polanco pela presidência do Tribunal de Contas do Acre

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), em nome da mesa diretora e todos os deputados, parabenizou o novo...

Bocalom, o todo poderoso da vez, não emplaca o Produzir Para Empregar se não quiser

O jornalista Altino Machado e o ex deputado Luiz Calixto lembram o invejável rol de apoiadores de Bocalom, em comentários bem festejarmos na rede...

Ismael Tavares pode ser o novo presidente do Podemos em Rio Branco.

Filiado no PODEMOS-AC, Ismael Tavares é o preterido do Vereador eleito Arnaldo Barros para presidente do diretório municipal do partido em Rio Branco. Ele...

Inimigo da educação: Bolsonaro enfraquece Fundeb e professores ficarão sem reajuste em 2021

A Portaria interministerial 3, do governo Bolsonaro, que altera a gestão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos...

“ Musa Fitness do crime” volta às redes sociais, cita Deus, vira ré e fica frente a frente com juiz

Presa em flagrante no dia 26 de agosto deste ano pelo crime de tráfico de drogas, Ivanna Alencar de Souza, que ficou conhecido como...

Em agosto do ano passado, com exclusividade, o acjornal denunciou um flagrante único: o filho do deputado Manoel Moraes (PSB), Cristian Silva Sales, sopra ao ouvido do tio, Manoel de Jesus Leite Silva, que é empresário e fornecedor de merenda escolar para prefeituras e ao Estado. A empresa venceu na maioria absoluta dos ítens, ofertando preços abaixo dos praticados na fábrica, sem garantia de entrega dos alimentos.

Uma autoridade ligada ao controle externo confirmou na manhã deste domingo que esse caso está sob investigação desde então, e tem “compatibilidade direta” com o esquema das licitações dirigidas, evidenciado na manhã deste domingo. A reportagem completa, com documentos e notas fiscais, pode ser conferida AQUI

Apesar de várias tentativas, a reportagem não conseguiu falar com Manoel Moraes, via telefone celular.




- Advertisement -

Mais notícias