No menu items!
26 C
Rio Branco
segunda-feira, outubro 26, 2020

Ronaldinho completa 31 dias na prisão e usa esporte como refúgio

Últimas

Jornalista afirma que assessores de Jéssica Sales também espalham Fake news para atacar governador Gladson Cameli

Leandro Altheman, jornalista na região do Juruá, costuma fazer publicações contra o que chama de velha política. O jornalista afirma que as fakenews contra o...

Novos talentos: jornalista promove incentivo e premiação para crianças

A jornalista e apresentadora do canal ARTISTA EM FOCO, no YouTube, Katiussi Melo, organizou uma programação especial nesse mês de outubro, em comemoração ao...

Polícia Federal usará drones para fiscalizar eleições no Acre

A Polícia Federal usará DRONES durante as eleições a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais. Visando aumentar a segurança...

Além de amantes, prefeito Bira, de Xapuri, paga comissionados fantasmas que fazem Medicina na Bolívia

Além de duas supostas amantes do prefeito Bira Vasconcelos, pelo menos quatro estudantes de Medicina na Bolívia estariam incluídos na lista de funcionários fantasmas. Eles...

No PSL do Acre, candidato com mais potencial recebe mais fundo partidário

Se engana quem pensar que o candidato mais pobre terá maior repasse do fundo partidário para tocar sua campanha. Esse critério passou longe das...

Já era quase fim de noite em 6 de março quando policiais chegaram a um dos hotéis mais luxuosos de Assunção com a ordem de levar Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, para o Agrupamento Especializado. Os brasileiros começavam ali a cumprir a prisão preventiva determinada pela Justiça paraguaia por usarem passaportes falsos para entrar no país dois dias antes. Nesta segunda-feira (06/04), eles continuam presos, sem qualquer previsão de quando ganharão liberdade.

Ronaldinho e Assis dividem uma cela de 18 m². O local é equipado com duas camas, televisão, geladeira e um ar-condicionado recém-instalado. O banheiro, no entanto, fica fora da sala e é coletivo.

O ex-jogador do Barcelona disputa partidas de futsal, futevôlei e vôlei praticamente todos os dias. Desde a implementação da quarentena no presídio, há duas semanas, com proibição de vistas numa tentativa do governo paraguaio de evitar a disseminação do coronavírus, a prática de atividades esportivas, antes restrita, foi ampliada dentro da cadeia. Agora, os presos podem se exercitar ao ar livre duas vezes ao dia, pela manhã e à tarde.

“Para compensar a falta de visitas, os detentos gastam o tempo com atividades recreativas e esportivas. Ronaldinho é, sem dúvida, a grande atração desses momentos de lazer. O pessoal, inclusive, costuma bater na porta do quarto dele para buscá-lo para jogar futebol”, conta o comissário Blas Vera, chefe da Agrupación.

Se nos primeiros dias de cárcere Ronaldinho recusava a refeição servida aos outros quase 200 detentos e só se alimentava com a comida de restaurantes levada pelos seus advogados, agora tem ido com frequência ao refeitório da cadeia. “Ele manteve a forma de ser, o bom humor e está sempre sorridente. Conversa com os outros presos e ultimamente até come junto com o pessoal no café da manhã, almoço e jantar”, explica Vera.

- Advertisement -

Mais notícias