No menu items!
33 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Preocupado com avanço do Covid-19 no Acre, Nicolau Jr. reafirma importância do isolamento social

Últimas

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

Policiais penais encontram 178 tabletes de droga em embalagens de creme dental

  Material seria encaminhado para oito presos do Complexo Penitenciário de Rio Branco Ascom/Iapen Policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) impediram na manhã desta sexta-feira,...

AC obtém licença para estrada entre Feijó e Envira. Gladson avança em tratativas com Governo do Amazonas

Com a licença ambiental em mãos e as obras já em andamento do lado acreano, o governador do Acre, Gladson Cameli, esteve em Manaus...

Preocupado com o aumento de casos confirmados de coronavírus no Acre, o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (PP), destacou na sessão online desta terça-feira (14) a importância do isolamento social.

O aumento de 13 casos é o maior número já registrado em apenas um dia no Acre. Atualmente, o número total de contaminados é de 90 pessoas. Os dados foram confirmados pelo boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) na tarde da última segunda-feira (13).

Segundo o progressista, as medidas de distanciamento social como forma de conter a pandemia precisam ser respeitadas pela população. “O isolamento social é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde, nós precisamos seguir à risca essa medida. Os casos estão aumentando no Estado, então quem puder, por favor fique em casa”, disse.

Vale ressaltar que os deputados estaduais têm se reunido de modo remoto. Além disso, a maioria dos servidores legislativos foi colocada em regime de teletrabalho.
O presidente da Aleac frisou ainda que para garantir o funcionamento do Parlamento Acreano, há uma escala mínima de funcionários em expediente presencial.

“Vamos continuar no caminho do isolamento, essa é a melhor forma de evitar o contágio. Nós temos trabalhado junto ao Executivo para garantir que os prejuízos sejam os menores possíveis”, complementou o parlamentar.

Durante as reuniões e sessões remotas, os deputados estaduais continuam analisando e votando projetos de lei que visam auxiliar o estado no enfrentamento à Covid-19. Os parlamentares já aprovaram os decretos que reconhecem que 13 municípios acreanos estão em calamidade pública em razão da pandemia do coronavírus.

As cidades de Senador Guiomard, Bujari, Santa Rosa, Xapuri, Marechal Thaumaturgo, Jordão, Rodrigues Alves e Capixaba ainda não decretaram situação de calamidade pública ou de emergência por causa da pandemia.

Já ó decreto de calamidade pública do município de Porto Walter será votado na quarta-feira (15).

Texto: Mircléia Magalhães

Agência Aleac




- Advertisement -

Mais notícias