No menu items!
21 C
Rio Branco
quarta-feira, outubro 21, 2020

Preso, coronel acreano atende ao celular e diz que está solto. “Mentira”, reage advogada

Últimas

Data Control: Socorro Neri lidera pesquisa em Rio Branco com 27.2%. Minoru tem 21.1%

A atual prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, está na preferência do eleitorado da capital acreana, segundo pesquisa de opinião pública   O Instituto Data Control...

Advogado e preso com 17 mil munições no Trevo de Senador Guiomard

O advogado Jaime Pontes Vasconcelos de 37 anos foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de munição. Ele foi flagrado transportando 17...

Ditadura em Cruzeiro do Sul: enfermeira perde Chefia da Saúde da Mulher, que ocupava há 14 anos, por não apoiar o primo do prefeito...

A enfermeira Renata Barbosa usou um perfil de rede social para relatar as razões pelas quais ela foi desligada do cargo de coordenadora do...

Calote anunciado: PSL despeja tudo na campanha de Minoru e os 26 candidatos a vereador ficam sem fundo partidário

Os 26 candidatos a vereadores pelo PSL em Rio Branco não têm como tocar a campanha por falta de fundo partidário. A insatisfação foi...

Mulher assiste filme pornô gay e descobre que um dos atores é o seu marido

Uma mulher, de 26 anos, teve uma surpresa quando escolheu assistir a um filme pornô assim que seu marido foi dormir, nos Estados Unidos. Enquanto escolhia qual...

O coronel Kleyton Almeida, do Corpo de Bombeiros do Acre, preso em Porto Velho (RO) por desobediência a ordem judicial e agressão psicológica contra a ex-mulher, atendeu ao celular, em chamada feita pela reportagem do acjornal, na manhã desta terça-feira. Ele, que é um dos pilotos do helicóptero do Governo do Acre, está detido no quartel da Polícia Militar de Rondônia desde o último domingo.

Após denúncia anônima de que o militar estaria sendo privilegiado, a reportagem ligou para o telefone pessoal dele (9229-82..). E confirmou aquilo que a lei proíbe mas é normal em casos como esse (veja abaixo).

A ex-companheira de Kleyton foi à delegacia prestar nova queixa-crime.

A advogada dela disse á reportagem que não há alvará de soltura em favor do coronal. Segundo ela, a mesma informação foi dada pela delegacia de proteção à Mulher (Deam).

Não conseguimos contato com o Comando Geral da PMRO.

 

Veja como foi a conversa com o oficial na manhã desta terça-feira.

Coronel Kleyton – Pois não

Repórter do acjornal – Coronel Kleyton?

Coronel Kleyton – Quem gostaria?

Repórter do acjornal – É  coronel Kleyton?

Coronel Kleyton – Sim

Repórter do acjornal – O senhor poderia usar celular estando preso?

Coronel Kleyton – Já tem um alvará de soltura. Tudo bem Assem?

Repórter do acjornal – Sim. Quando o senhor retorna a Rio Branco?

Coronel Kleyton – Estamos aguardando o pronunciamento das autoridades

Repórter do acjornal – O que o Sr. tem a dizer sobre tudo isso?

Coronel Kleyton – Olha. Vejo meu nome sendo exposto na mídia. Eu tenho família, tenho filhos. A outra parte tem família também. É preciso acabar logo com isso. Tá desgastante. 

Repórter do acjornal – O sr. gostaria de emitir uma nota?

Coronel Kleyton – No momento certo eu te procuro. 




- Advertisement -

Mais notícias