No menu items!
33 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Socorro Neri cria o Programa Farmácia Solidária

Últimas

Número de alunos entrando no ensino superior público caiu em 2019

O número de alunos entrando em universidades públicas em 2019 foi de 559 mil, uma queda de 3,7% em comparação à quantidade de estudantes...

STF: plenário vai julgar obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou urgência na tramitação de ações ligadas à vacinação contra a Covid-19. Com isso, o magistrado...

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da Coronavac

Após ser acusada pelo Instituto Butantan de retardar a fabricação da vacina da farmacêutica Sinovac, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira...

Policiais penais encontram 178 tabletes de droga em embalagens de creme dental

  Material seria encaminhado para oito presos do Complexo Penitenciário de Rio Branco Ascom/Iapen Policiais penais do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) impediram na manhã desta sexta-feira,...

AC obtém licença para estrada entre Feijó e Envira. Gladson avança em tratativas com Governo do Amazonas

Com a licença ambiental em mãos e as obras já em andamento do lado acreano, o governador do Acre, Gladson Cameli, esteve em Manaus...

 A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, sancionou na segunda-feira, 13, a lei nº 2.353, de autoria do vereador Mamed Dankar que “institui o Programa Farmácia Solidária no Município de Rio Branco e dá outras providências”.

       O secretário municipal de Saúde, Oteniel Almeida, explica que o projeto de autoria do vereador Mamed Dankar “traz readequação da lei em cumprimento a legalidade das regras farmacêuticas”.

       O Programa Farmácia Solidária possibilitará à população de baixa renda, através da coleta e doações de medicamentos, organização e formação de estoque, a distribuição gratuita de medicamentos.

       A iniciativa permite doações de medicamentos provenientes de pessoa jurídica ou profissional liberal, sejam elas empresas do segmento farmacêutico, clínicas, hospitais e profissionais da saúde, dentre outros, à Secretaria Municipal de Saúde e às entidades conveniadas, onde após triagem, poderá fazer a distribuição gratuita à população.

       O Programa Farmácia Solidária será organizado e gerenciado sob a supervisão do Poder Executivo Municipal, que adotará medidas administrativas e técnicas necessárias à implantação e ao desenvolvimento do programa.

       Uma vez implementado o Programa possibilitará a celebração de convênios com a sociedade civil, instituições religiosas ou entidades filantrópicas, universidades, faculdades e escolas técnicas para operar de modo a ampliar sua capacidade de arrecadação de medicamentos, bem como sua capacidade de distribuição, visando facilitar o acesso da comunidade aos seus benefícios.




- Advertisement -

Mais notícias