No menu items!
30 C
Rio Branco
segunda-feira, outubro 26, 2020

Só Gladson e Carlesse doarão seus salários de abril, maio e junho

Últimas

Novos talentos: jornalista promove incentivo e premiação para crianças

A jornalista e apresentadora do canal ARTISTA EM FOCO, no YouTube, Katiussi Melo, organizou uma programação especial nesse mês de outubro, em comemoração ao...

Polícia Federal usará drones para fiscalizar eleições no Acre

A Polícia Federal usará DRONES durante as eleições a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais. Visando aumentar a segurança...

Além de amantes, prefeito Bira, de Xapuri, paga comissionados fantasmas que fazem Medicina na Bolívia

Além de duas supostas amantes do prefeito Bira Vasconcelos, pelo menos quatro estudantes de Medicina na Bolívia estariam incluídos na lista de funcionários fantasmas. Eles...

No PSL do Acre, candidato com mais potencial recebe mais fundo partidário

Se engana quem pensar que o candidato mais pobre terá maior repasse do fundo partidário para tocar sua campanha. Esse critério passou longe das...

Suposta amante do prefeito de xapuri que recebe salários sem trabalhar exclui rede social e some do mundo da ostentação

Poucos minutos após a publicação da reportagem do Acjornal, na noite da última sexta-feira, dando conta do andamento de uma investigação secreta da Delegacia...

Apesar da pressão que têm feito sobre o governo federal, apenas cinco governadores anunciaram até agora que reduzirão os próprios salários. E o governante acreano, Gladson Cameli (PP), está entre eles. os demais são Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), Mauro Carlesse (Tocantins), Ratinho Júnior (Paraná) e Wellington Dias (Piauí).

Cameli (PP) e Carlesse (DEM) abriram mão da remuneração por três meses. O gestor acreano destinará os salários de abril, maio e junho para ajudar na aquisição de alimentos que serão distribuídos a entidades carentes e alunos. Paralelo a isso, o governo acreano entrega cestas básicas nas escolas da rede estadual de ensino, na capital e no interior.

Com informações do colunista Guilherme Amado

Revista Época




- Advertisement -

Mais notícias