Juiz manda ao presídio policial penal que “postou” droga em lixeira do FOC

O Juiz Romário Divino Faria decretou a prisão preventiva do Policial Penal Ademir Pinheiro Vasconcelos, durante audiência de custódia realizada no Fórum Criminal de Rio Branco. ” Considerando a gravidade dos fatos narrados, converto a prisão em flagrante em prisão preventiva”, escreveu o magistrado em um dos trechos da decisão.

O policial penal foi preso em flagrante na tarde da última sexta-feira, 15, apos deixar 100 gramas de substância entorpecente dentro de uma lixeira do pavilhão D, do presidio Francisco de Oliveira Conde. Pouco tempo depois o detento Geovânio da Silva Melo foi ao local e pegou a sacola. Dentro havia 50 gramas de pasta à base de cocaína e 50 gramas de maconha. O detento foi abordado por policiais penais do Grupo GPOE.

Logo depois o policial penal recebeu voz de prisão. Ele foi levado à DEFLA e indiciado pelo crime de tráfico de drogas, com o agravante de ser funcionário publico e ter levado o entorpecente para um presidio.

Na noite do último sábado, 16, Ademir Vasconcelos foi encaminhado para ao presidio. O detento Geovânio Silva também foi indiciado pelo crime de tráfico de drogas.