Abraços, orações, escudos no chão: policiais mostram apoio às manifestações antirracistas nos EUA

Em meio aos protestos contra o racismo desencadeados pela ação da própria polícia no caso da morte de George Floyd, alguns agentes que estão nas ruas para conter os distúrbios têm demonstrado compreensão com as reivindicações. Policiais se ajoelharam, participaram de orações e abraçaram manifestantes durante atos em várias cidades americanas.

O chefe do departamento de polícia da cidade de Nova York, Terence Monahan, abraça um ativista durante marcha pelas ruas da cidade na segunda-feira (2) em protesto pela morte de George Floyd — Foto: Craig Ruttle/AP

O chefe do departamento de polícia da cidade de Nova York, Terence Monahan, abraça um ativista durante marcha pelas ruas da cidade na segunda-feira (2) em protesto pela morte de George Floyd — Foto: Craig Ruttle/AP

O pastor Calvin Sparks abraça um policial depois que alguns oficiais se ajoelharam com clérigos e manifestantes na sede da policia de Los Angeles, nos EUA, durante uma manifestação exigindo justiça para George Floyd na terça-feira (2) — Foto: Sarah Reingewirtz/The Orange County Register via AP

O pastor Calvin Sparks abraça um policial depois que alguns oficiais se ajoelharam com clérigos e manifestantes na sede da policia de Los Angeles, nos EUA, durante uma manifestação exigindo justiça para George Floyd na terça-feira (2) — Foto: Sarah Reingewirtz/The Orange County Register via AP

Tropas da Guarda Nacional colocam seus escudos no chão a pedido de manifestantes em Nashville, no Tennessee, na segunda-feira (1º)  — Foto: Kimberlee Krkuesi/AP

Tropas da Guarda Nacional colocam seus escudos no chão a pedido de manifestantes em Nashville, no Tennessee, na segunda-feira (1º) — Foto: Kimberlee Krkuesi/AP

Policiais se ajoelham com clérigos e manifestantes na sede da policia de Los Angeles, nos EUA, durante uma manifestação exigindo justiça para George Floyd nesta terça-feira (2) — Foto:  Sarah Reingewirtz/Registro do Condado de Orange via AP

Policiais se ajoelham com clérigos e manifestantes na sede da policia de Los Angeles, nos EUA, durante uma manifestação exigindo justiça para George Floyd nesta terça-feira (2) — Foto: Sarah Reingewirtz/Registro do Condado de Orange via AP

Um manifestante e um policial dão as mãos durante uma manifestação em protesto contra a morte de George Floyd em Nova York, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Wong Maye-E/AP

Um manifestante e um policial dão as mãos durante uma manifestação em protesto contra a morte de George Floyd em Nova York, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Wong Maye-E/AP

O chefe do departamento de polícia da cidade de Nova York, Terence Monahan, se ajoelha com manifestantes durante uma marcha pela cidade para protestar contra a morte de George Floyd nesta segunda-feira (1º) — Foto: Craig Ruttle/AP

O chefe do departamento de polícia da cidade de Nova York, Terence Monahan, se ajoelha com manifestantes durante uma marcha pela cidade para protestar contra a morte de George Floyd nesta segunda-feira (1º) — Foto: Craig Ruttle/AP

Policiais e manifestantes se ajoelham juntos durante uma manifestação por vidas negras e contra a morte de George Floyd em Cleveland, nos EUA, na terça-feira (2)  — Foto: Tony Dejak/AP

Policiais e manifestantes se ajoelham juntos durante uma manifestação por vidas negras e contra a morte de George Floyd em Cleveland, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Tony Dejak/AP

Membros da polícia da Filadélfia e da Guarda Nacional se ajoelham do lado de fora da sede da polícia na Filadélfia, nos EUA, na segunda-feira (1º), durante uma marcha pedindo justiça pela morte de George Floyd — Foto: Matt Rourke/AP

Membros da polícia da Filadélfia e da Guarda Nacional se ajoelham do lado de fora da sede da polícia na Filadélfia, nos EUA, na segunda-feira (1º), durante uma marcha pedindo justiça pela morte de George Floyd — Foto: Matt Rourke/AP

Uma manifestante abraça uma policial durante protesto contra a morte de George Floyd do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Uma manifestante abraça uma policial durante protesto contra a morte de George Floyd do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Um manifestante abraça um policial durante um protesto do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, na Califórnia, nesta terça-feira (2), contra a morte de George Floyd  — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Um manifestante abraça um policial durante um protesto do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, na Califórnia, nesta terça-feira (2), contra a morte de George Floyd — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Um policial aperta a mão de um manifestante durante um protesto contra a morte de George Floyd do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Lucy Nicholson/Reuters

Um policial aperta a mão de um manifestante durante um protesto contra a morte de George Floyd do lado de fora da sede da polícia de Los Angeles, nos EUA, na terça-feira (2) — Foto: Lucy

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui