Sangue tipo O tem menos chance de testar positivo para Covid-19, diz estudo

Estudo genético comandado pela empresa 23andMe afirma que tipos sanguíneos influenciam de forma determinante na suscetibilidade à Covid-19.

Cientistas observaram, em um grupo de 750 mil voluntários, que pessoas com sangue tipo O tem até 18% menos de chance de testar positivo para o vírus e até 26% menos de chance de desenvolver a doença.

“O estudo e o recrutamento estão em andamento e temos esperança de que possamos usar nossa plataforma de pesquisa para entender melhor as diferentes maneiras de como as pessoas respondem ao vírus”, diz uma declaração no blog 23andMe.

A empresa responsável pela pesquisa reiterou que fatores como sexo, idade, peso, comorbidades e taxa de exposição ao vírus não afetaram os resultados da pesquisa.

Resultados semelhantes
Outro estudo preliminar, seguindo a mesma linha, foi realizado na China. Pesquisadores analisaram amostras sanguíneas de 2.173 pacientes e concluíram que as pessoas com sangue do tipo A eram mais suscetíveis ao Sars-CoV-2 e as de tipo O, mais resistentes.

Um outro trabalho, também ainda sem revisão científica, mostrou que pacientes com tipo sanguíneo A têm maior chance de apresentarem quadros mais severos da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui