Ministro da Saúde chega ao Acre para inaugurar hospital de campanha com o governador Gladson Cameli

A convite do governador Gladson Cameli, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, chegou ao Acre neste domingo, 14, para participar da inauguração do hospital de campanha de Rio Branco. Finalizada em tempo recorde, a unidade conta com recursos do governo federal e faz parte do conjunto de ações do Estado no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A convite do governador Gladson Cameli, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, chegou ao Acre neste domingo, 14, para participar da inauguração do hospital de campanha de Rio Branco Fotos: Odair Leal/Secom

O hospital de campanha da capital será inaugurado nesta segunda-feira, 15, data em que se comemora os 58 anos de emancipação política do Estado do Acre. Durante a solenidade, será feita ainda a abertura do atendimento ambulatorial de pacientes com Covid-19 no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into). Oficialmente, o complexo será o novo hospital de referência no tratamento da doença, em Rio Branco.

Com investimentos na ordem de R$ 3 milhões, o hospital de campanha foi construído pelo governo do Acre com recursos provenientes do Ministério da Saúde. Concluído em apenas 30 dias, o novo pavilhão de mil metros quadrados será permanente, agregando mais uma importante estrutura para a rede pública hospitalar. O local oferecerá mais 100 novos leitos de enfermeira, que atenderão, exclusivamente, pacientes com coronavírus de vários municípios acreanos.

Recebido no aeroporto de Rio Branco pelo governador Gladson Cameli, vice-governador Major Rocha, secretário de Saúde, Alysson Bestene, e pelo presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado estadual Nicolau Júnior, o ministro explicou que a visita ao estado faz parte da estratégia adotada pelo governo federal no combate à pandemia. Segundo Pazuello, é preciso conhecer de perto a realidade de cada região para que as melhores experiências sejam levadas para todo o país.

Segundo Pazuello, é preciso conhecer de perto a realidade de cada região para que as melhores experiências sejam levadas para todo o país Fotos: Odair Leal/Secom

“Todas as semanas, estamos indo a ponta da linha. Isso é necessário para aprendermos as melhores práticas, trazer isso para distribuir para outros estados e esta é a nossa grande oportunidade porque as soluções estão com quem está combatendo o coronavírus na ponta da linha. Vir ao Estado do Acre é sempre muito importante para mantermos a proximidade. Temos que trabalhar em equipe para ganhar essa guerra”, enfatizou.

O governador Gladson Cameli fez questão de agradecer a vinda do ministro da Saúde ao Acre. Para o gestor, esta será uma excelente oportunidade para que Pazuello verifique a situação local e ajude ainda mais o Estado no combate à Covid-19.

Governador Gladson Cameli fez questão de agradecer a vinda do ministro da Saúde ao Acre Fotos: Odair Leal/Secom

“Sabemos que não é fácil a vinda de um ministro ao Acre em um momento tão difícil que o Brasil vem passando por conta dessa pandemia. Quero dizer que estou muito feliz em inaugurar o nosso hospital de campanha juntamente com o general Pazuello. Tenho que agradecer a agilidade e o compromisso do ministério da Saúde no atendimento aos pleitos que temos feito pelo nosso estado. Essa visita será muito importante ainda para que ele veja e conheça a nossa real situação e tenho certeza que isso fará com que o governo federal nos ajude ainda mais no enfrentamento do coronavírus”, afirmou Cameli.

Major Rocha também aproveitou a oportunidade para reconhecer os esforços do governo federal com o Acre. O vice-governador pontua que o momento pede a união de todos para que o vírus seja logo superado.

“O nosso governo não vem medindo esforços para construir hospitais de campanha, contratar mais profissionais e comprar medicamentos e insumos para que o atendimento seja o melhor possível para a população. Isso só está sendo possível graças ao apoio que temos recebido do governo federal e essa determinação de todos é que está sendo fundamental para que o máximo possível de vidas sejam salvas dessa situação de pandemia que estamos passando”, observou.

Fonte: AGENCIA DE NOTÍCIAS DO ACRE –  Wesley Moraes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui