Coronavírus: prefeitos do Alto Acre estendem quarentena após salto de casos positivos

O aumento de casos confirmados e de óbitos pelo Covid-19 no Alto Acre obrigou os prefeitos da região a se reunirem em caráter de urgência, nesta terça-feira, 16. O encontro dos prefeitos de Xapuri, Bira Vasconcelos (PT), de Assis Brasil, Zum Barbosa (PSDB), e de Epitaciolândia, Tião Flores (Progressistas), aconteceu na sala da prefeita de Brasiléia, Fernanda Assem (PT). Eles decidiram por unanimidade prorrogar a quarentena até o dia 30 de junho. Nas cidades administradas por eles ninguém entra atoa. Há barreiras sanitárias com restrições pesadas, mas mesmo assim o coronavirus não recuou.

Segundo os próprios prefeitos disseram ao agoraacre.com.br, o clima piorou na região em decorrência de mais mortes registradas essa semana. Ao todo já são uma morte em Xapuri, seis em Assis Brasil, cinco em Epitaciolândia e seis em Brasiléia, além do aumento diário e infectados nas últimas horas.
Na tarde desta terça-feira, os quatro prefeitos farão uma reunião por teleconferência com o governador Gladson Cameli (Progressistas), a quem vão pedir socorro. A ideia é convencer o governador a mandar com urgência uma UTI para o hospital regional do Alto Acre, sediado em Brasiléia. “Vamos demonstrar nosso reconhecimento ao esforço que o governador vem fazendo, mas vamos também dizer pra ele que quando a situação do paciente fica crítica ai a prefeitura não da conta”, diz a prefeita de Brasiléia, Fernanda Assem.
Os prefeitos também pedem a compreensão das suas comunidades, que nos últimos dias vem relaxando.

Por Evandro Cordeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui