Conta vazia: Hackers acessam auxílio emergencial de acreanos, transferem para conta de terceiros e pagam boletos

Dinheiro do auxilio emergencial esta desaparecendo da conta dos beneficiários na Caixa Econômica no Acre antes do saque dos titulares

Vários boletins de ocorrência de crime cibernético, denunciam o sumiço do dinheiro das contas de beneficiários do auxilio emergencial. Virou caso de policia no Acre.
A cidade de Feijó, no interior do Estado, tem sido a campeã de reclamações, especialmente após o inicio do prazo para o saque da segunda parcela do beneficio.
Em todos os casos a reclamação é sempre a mesma: alguém efetuou pagamentos online de boletos enquanto o dinheiro estava retido na conta do titular na Caixa Econômica Federal disponível apenas para transferência online ou pagamentos de boletos.
O trabalhador autônomo José Clecimar foi um dos que, ao chegar à agência da Caixa Econômica, em Feijó, nesta terça-feira, para fazer o saque de R$ 600.00, descobriu que não havia mais nenhum centavo em sua conta.
“Segundo a própria gerencia da agência, alguém pagou três boletos com o meu dinheiro através de operações bancarias feitas online por alguma espécie de aplicativo de celular. Fui à delegacia e registrei uma queixa crime, a pedido do próprio banco, e agora estou me esforçando para tentar provar que não fui eu quem fez essa operação bancária”, disse.
Ate às 10hs30, minutos desta quarta-feira (17/06) seu José Clecimar ainda se encontrava na agência da Caixa Econômica em Feijó, com a cópia do registro de boletim de ocorrência na mão tentando falar com o gerente na esperança de uma solução para o seu problema.
Na delegacia ele descobriu que várias outras pessoas da cidade estão passando pela mesma situação. A CEF duz que nao vau repir o dinheiro das supostas vitimas do golpe, alegando que os eventuais roubos foram realizados via online e ficaria à cargo da polícia identificar a autoria e prender os responsáveisl.
O Acjornal apurou, através de uma fonte dentro da delegacia de Feijó, que nos últimos três dias dezesseis pessoas teriam registrado queixa crime comunicando o desaparecimento do dinheiro de seus auxílios emergenciais das contas bancarias da agencia da Caixa Econômica Federal no município.
Essa mesma fonte nos confidenciou, também, que através do monitoramento do sistema online de registro de queixas crimes em todo o Estado, foi observado que vários outros registros de queixa de transferência de dinheiro e pagamento de boletos com o recurso do auxilio emergencial foram feitas, também, em delegacias de pelo menos seis municípios acreanos nos últimos três dias.
O golpe estaria sendo praticado a partir do memento em que o Governo Federal disponibiliza o recurso na conta do beneficiário e o banco fica com  dinheiro retido por três dias para uso, apenas, de transferência online  e pagamento de dividas através de boletos com código de barra.
O Acjornal tentou contactar a gerência da Caixa Econômica Federal em Feijó para ouvir a versão dela sobre os fatos, mas não obteve sucesso durante toda a manhã desta quarta-feira.
Na Superintendência do banco em Rio Branco o telefone central para atendimento ao público (3212 63 00) conduziu todas as nossas tentativas de ligação para o atendimento eletrônico direcionado à vendas de produtos do banco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui