No menu items!
27 C
Rio Branco
segunda-feira, setembro 28, 2020

Acre: exames descartam reinfecção por Covid em paciente que foi isolada após receber alta médica

Últimas

Sertão acreano: seca castiga famílias da Floresta Estadual do Antimary, que caminham horas em busca de água

Centenas de famílias de extrativistas e pequenos produtores rurais que habitam a Floresta Estadual do Antimary estão vivendo sem água potável. Se obrigam a...

CPMF: o imposto defendido por FHC, Lula e Dilma, que pode ser ressuscitada por Bolsonaro

A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) é um dos impostos mais polêmicos desde a redemocratização. Criada em 8 de julho de 1993, no...

C. do Sul 116 anos: Gladson entrega Avenida Cultural com novo Teatro dos Náuas, ginásios poliesportivos e 20 ônibus escolares

Stalin Melo Educação, cultura e esporte, tudo no mesmo lugar. Foi exatamente isso o que o governador Gladson Cameli entregou na manhã desta segunda-feira, 28,...

E agora, Bittar? Uso do Fundeb para Renda Cidadã é mascarar teto de gastos públicos, diz ministro do TCU

O ministro do TCU Bruno Dantas criticou nesta segunda-feira a proposta apresentada pelo governo para financiar o Renda Brasil. Para ele, usar recursos do...

Showmícios em tempos de Covid e o recado a quem propaga Fake News

A Justiça Eleitoral não pretende expedir regras para o protocolo sanitário de comícios, afirmou a assessora especial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Roberta Gresta,...

Exames laboratoriais divulgados no último final de semana descartaram a suspeita de que uma paciente curada de covid-19, na cidade de Sena Madureira (AC), tenha sido reinfectada em menos de 40 dias após alta médica.

Todos os testes para possível identificação da Covid no organismo da servidora publica Aleyxandra Marques, inclusive as amostras enviadas para um laboratório em Rio Branco, deram negativos.

O representante da secretaria estadual de saúde no município, Daniel Herculano, diretor geral do Hospital João Câncio Fernandes, disse ao Acjornal que a paciente não apresentou carga viral capaz de determinar nova infecção.

“A única coisa que os exames revelaram foi a presença de anticorpos que comprovam que ela já pegou a doença, foi curada e, hoje, cientificamente, estaria imune, segundo estudos mais recentes sobre a possibilidade de reincidência da covid”, explicou.

Quinta-feira passada, quarenta dias após ter sido diagnosticada com covid, Aleyxandra Marque postou em sua rede social que teria voltado a sentir os sintomas da doença e afirmou que tinha sido infectada novamente pela doença.

A mulher, servidora da própria secretaria Municipal de Saúde, chegou a procurar atendimento novamente e foi colocada em observação, em uma enfermaria isolada no hospital de campanha de Sena Madureira.

Nesta segunda feira sem se queixar do retorno dos sintomas da doença e com o resultado dos exames nas mãos, ela foi liberada para voltar para casa.

A paciente vai ser acompanhada pelo serviço social do hospital pelos próximos 30 dias.

Suspeita-se que ela esteja sofrendo crises de sintomas psicológicos da doença devido ao trauma no decorrer da recuperação.

No mundo inteiro não existe comprovação científica de que alguém tenha pego a doença mais de uma vez.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui