PF faz operação contra hackers suspeitos de divulgarem dados de Bolsonaro

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (26/06), a Operação Capture the Flag (Capture a bandeira, na tradução para o português) com o objetivo de combater organização criminosa de hackers especializada na invasão de sistemas informatizados de órgãos públicos, para fins de exposição indevida de dados privados de servidores e autoridades públicas.

Teriam sido eles os responsáveis por expor, nos últimos meses, informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de seus familiares.

A operação, deflagrada no Rio Grande do Sul e no Ceará, conta com a participação de 20 policiais federais, que dão cumprimento a três mandados judiciais de busca e apreensão.

De acordo com o Inquérito Policial, integrantes do grupo hacker investigado obtiveram e expuseram de forma ilícita dados pessoais de mais de 200 mil servidores e autoridades públicas. O objetivo era intimidar e constranger tanto as instituições quanto as vítimas, que tiveram dados e intimidade expostos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui