No menu items!
33 C
Rio Branco
domingo, outubro 25, 2020

Efeito Rocha: pré candidatos e dirigentes do PSL abortaram greve de fome. Vice do partido chega ao Acre na 4ª

Últimas

Justiça eleitoral de Cruzeiro do Sul, caça candidatura do vereador Romário Tavares (MDB), um dos mais fortes da chapa de Fagner Sales

Concluindo o 5º mandato de vereador seguidos, Romário Tavares foi enquadrado no crime de improbidade administrativa no período em que esteve como presidente da...

Carreirista, Roberto Duarte não decola e perde tempo atacando Socorro Neri

Depois que a prefeita Socorro Neri (PSB) ultrapassou os adversários na última pesquisa, o nível de ataques de alguns adversários vem aumentando contra a...

Jarbas Soster reúne milhares de apoiadores em arrastão no Calafate e carreata no Centro de Rio Branco

Na manhã deste sábado, 24, o candidato a prefeitura de Rio Branco, Jarbas Soster, reuniu centenas de pessoas em uma caminhada pelo bairro Calafate....

Gladson busca apoio do Exército para ofertar água potável em comunidades indígenas e ribeirinhas

Da Secom Os esforços do governador Gladson Cameli para melhorar a qualidade de vida da população acreana não param. Cumprindo agenda em Manaus (AM), nesta...

Polícia investiga prefeito do Acre e suas amantes, que são fantasmas e ostentam na Internet

Enquanto a maioria dos servidores da prefeitura de Xapuri trabalha jornadas de oito horas diárias para ganhar um salário mínimo, duas eventuais funcionárias comissionadas...

Um grupo de pré-candidatos e filiados ao PSL ensaiou uma greve de fome, que seria iniciada no sábado passado. Chegaram a ser chamados de “espartanos, numa analogia à força militar de Esparta, na Grecia Antiga, simbolizando a resistência à filiação do vice-governador Major Rocha à legenda. Cerca de 20 pessoas, entre pré-candidatos e dirigentes, confirmaram entrar de greve de fome.

A idéia foi inicialmente proposta pela subtenente Maria da Candeias, militar da reserva que planeja lançar candidatura a vereadora da capital. No entanto, a greve de fome foi abortado após o presidente nacional, o deputado federal Luciano Bivar, determinar a vinda do seu vice presidente ao Acre.

O vice, deputado Júnior Bozella, desembarcará em Rio Branco nesta quarta. O presidente regional, Pedro Valério, fez um chamamento pelas redes sociais, para que os 250 dirigentes do interior e os 48 pré-candidatos da capital estejam numa reunião para tratar do assunto (ouça abaixo).

Bivar disse que a direção do partido no Acre daria a última palavra sobre a filiação de Rocha. Todos já decidiram pela rejeição do vice-governador.

Rocha, no entanto, tem explorado setores da imprensa local afirmando que está com s dois pés dentro do PSL.

 




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui