Capixaba: prefeitura garante reabastecimento da farmácia do município nesta semana

O Secretário de Saúde de Capixaba, Ary Marques, repudiou a atitude de alguns vereadores da oposição que decidiram politizar o enfrentamento à Covid e tentam, segundo ele, desgastar a gestão do prefeito Joãozinho (MDB). O secretário considerou covarde a ação dos parlamentares que gravaram a falta de alguns ítens de medicamentos na farmácia do município e induzem a população a acreditar em omissão da prefeitura,

“Atitudes politiqueiras como esta não ajudam. Está claro que o objetivo é atrapalhar.  Procuramos várias formas de resolver essa situação, pois é sabido por todos que os preços dos medicamentos subiram de forma exagerada, e que a falta de remédios é um problema enfrentado por outros municípios do Acre e do Brasil. Em respeito ao dinheiro público, não podemos adquitir remédios a preços exorbitantes. Buscamos sempre o menor preço, afinal uma receita apertada como a nossa não permite jogar dinheiro fora. Graças a Deus conseguimos vencer todo esse obstáculo e já nesta semana faremos a compra dos remédios”, declarou Ary Marques.

“Nossos esforços não estão voltados apenas no combate ao coronavírus. Temos obras em andamento e outras obrigações a cumprir. Saúde é prioridade e a nossa gestão jamais deixaria os pacientes desassistidos”, completou.

“É determinação do prefeito fazer tudo dentro da legalidade. Fazemos questão que o Conselho Municipal de Saúde acompanhe tudo de perto. Nós pedimos desculpa aos nossos munícipes e agradecemos a compreensão”, finalizou o secretário.

A prefeitura está há mais de meses lutando para solucionar esse problema. O próprio secretário de saúde expôs as dificuldades aos vereadores de Capixaba em reunião realizada na câmara, onde foi dito a eles sobre problemas em fundamentar a comprar dos medicamentos pelo preços estarem exorbitantes.

“A secretaria de saúde nunca disse que não vai comprar os medicamentos. Temos todo cuidado para que os próprios vereadores acusem a gestão municipal de superfaturamento”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui