No menu items!
25 C
Rio Branco
domingo, janeiro 24, 2021

Caso anabolizante: advogada e fisiculturista do Acre é condenada a indenizar delegado de polícia

Últimas

Pelo crime de danos morais, uma advogada, ex policial civil do Acre, foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$ 10 mil ao delegado Pedro Resende. A advogada, que também é fisiculturista, era testemunhas no processo que apura a venda clandestina de de anabolizantes.

Após prestar depoimento, ela acusou o delegado de alterar suas declarações. O fato ocorreu no ano passado ganhou repercussão na imprensa local. Em primeira instância a advogada foi condenada a pagar R$ 3 mil reais.

Mas o delegado recorreu da decisão. A Justiça considerou que a advogada não conseguiu provas as acusações contra o delegado.

Foi levado em conta também a divulgação de fatos falsos contra o delegado Pedro Resende.

Em outubro de 2019, a advogada foi homenageada pela Câmara Municipal de Rio Branco, em indicação do vereador e médico Jackson Ramos (PT).




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui