No menu items!
23 C
Rio Branco
quinta-feira, janeiro 28, 2021

Acre: ricaço xona na loira, mas é confundido com garçon, é trocado por outro e joga tudo para conquistá-la: “não sou pé rapado”

Últimas

Seria uma super gata. Tanto que balançou o coração de um empresário que se viu obrigado a fazer declarações inesperadas.

O casal se conheceu num ambiente festivo. Ela como cliente e ele, na tentativa de agradar demais, tratado por ela como o garçom. De caminhonete, cordão avaliado em R$ 12 mil, pulseira com muitos gramas de ouro e relógio de R$ 2 mil, o empresário esperou ser notado. Não pela ostentação, mas pela sinceridade do flerte.

As investidas foram em vão, até que a mulher decidiu sair com outro (tratado pelo empresário como dono de um “carrinho”).

Áudios vazaram na Web, com a voz solitária do empresário, como se conversasse com a moça, carinhosamente chamada de “Belinha”.

“Não sou pé rapado não. Queria que você me conhecesse melhor”, diz ele, em áudio endereçado à moça, enfatizando ser um homem de muitas posses ( inclusive do imóvel onde se conheceram, de mansão, moto importada, jet ski e outros bens).

Suspeita-se que quem vazou os áudios tenha excluído a voz da moça, expondo o rapaz em sua busca por um amor verdadeiro. E se acharam que ele seria envergonhado ou execrado pelo público, se enganou. Os comentários sobre a moça não são bons.,

Enquanto isso, ele revela querer uma mulher para viajar e construir família.

Ouça abaixo

 

 

 

 




- Advertisement -

Mais notícias

3 COMENTÁRIOS

  1. Mano, quem lê esse texto sem aviso pode achar q ela não quis ficar com ele por achar q ele era pobre e não por ter percebido que ele era só um macho escroto que gosta de ostentar pra compensar o que tem de pequeno…(o espírito).

    O homem hétero é um problema social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui