No menu items!
27 C
Rio Branco
sábado, setembro 26, 2020

PP aborta candidatura de Bocalom. Gerlen, Bestene e Nicolau devem seguir com Gladson e Socorro Neri e grupo de Mailza Gomes sai derrotado

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Em carta aberta divulgada no início da noite desta segunda-feira, os deputados progressistas José Bestene, Gerlen Diniz e Nicolau Júnior fazem um apelo para que o governador reconsidere a decisão de deixar o partido. O documento não vem com a assinatura da presidente da Executiva Regional, a senadora Mailza Gomes, que lidera um grupo descontente que não aceita apoiar a prefeita Socorro Neri. Esse grupo, aliás, inclui o presidente da Executiva Municipal, o pastor Reginaldo Ferreira, que gerou um racha interno após atacar o governador, gerando inquietação na base e despertando reações virulentas de parte da sociedade.

Gerlen, Bestene e Nicolau sinalizam apoiar Gladson. Ou seja, seguiriam juntos com Socorro Neri.

A candidatura de Bocalom está descartada no Progressista. Ele, porém, pode ser indicado vice de Socorro.

Ney Amorim também é cotado.

 

Carta Aberta dos Parlamentares Estaduais do Progressistas do Acre ao Governador Gladson de Lima Cameli

 Fernando Sabino disse certa vez que a democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um.

 Esta premissa tem sido fundamental na vida pública do governador Gladson Cameli, respeitando opiniões e defendendo ideais os quais enxergamos como visionários e inovadores para o futuro do estado do Acre. Foi assim durante todas as campanhas eleitorais que lutamos e vencemos desde o ano de 2006 quando o Progressistas do Acre elegeu naquele momento um dos mais jovens deputados federais do Brasil.

 Desde sempre, Gladson Cameli seguiu imbuído do mesmo propósito em sua reeleição para deputado federal, no ano de 2010. No Senado, novos sentimentos uniram sonhos rumo à liberdade ideológica e de expressão que tantos buscaram nas últimas décadas no nosso estado e no nosso país. O ano de 2018 consagrou esse sonho e as convicções de cada cidadão, enfim, retomaram espaços não somente nos veículos de comunicação, mas nas praças públicas e ruas das cidades acreanas.

 É com esse mesmo espírito de liberdade, compromisso e respeito à democracia que sempre vimos em Vossa Excelência, que nós, parlamentares estaduais do Progressistas no Acre, solicitamos publicamente sua permanência no Progressistas do Acre, atualmente ocupando o cargo de Presidente de Honra desta sigla, que reconhece e valoriza não somente o homem público, mas o cidadão respeitável e decoroso Gladson de Lima Cameli.

 Somos livres; o Progressistas é livre!

 

Declaramos nosso total e irrestrito apoio à Vossa Excelência, que tem dedicado sua vida para reconstruir a esperança e o desenvolvimento social e econômico do estado do Acre, principalmente neste período de combate à pandemia do Coronavírus, priorizando acima de tudo a vida das pessoas.

 

Respeitamos e reconhecemos a importância de outras lideranças políticas, mas jamais compactuaremos com atitudes partidárias que não tenham compromisso com a verdade. Entendemos que o momento não é adequado para externar discussões internas eleitorais uma vez que, como governador, Gladson Cameli está direcionando todos os seus esforços em liderar o estado nesse momento de desafios da saúde pública.

 

A política pode esperar, vidas não!

 

Por fim, governador Gladson Cameli, registramos publicamente um apelo pela reconsideração de sua decisão em desfiliar-se dos quadros do Progressistas no Acre, garantindo nosso compromisso em manter respeito às decisões que priorizem acima de qualquer interesse o bem comum e a justiça social.

 

Nicolau Cândido Júnior

Deputado estadual e presidente da Mesa Diretora da Aleac

 

Gerlen Diniz Andrade

Deputado estadual e líder do Governo na Aleac

 

José Barroso Bestene

Deputado estadual e Líder do Progressista na Aleac




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui