No menu items!
29 C
Rio Branco
terça-feira, setembro 29, 2020

Retomada das aulas presenciais nas escolas públicas do Acre está previstas para 8 de setembro

Últimas

Sena Madureira já registrou 34 casos de abuso sexual contra crianças em 2020. Agressores são pais, avôs, tios e outros parentes

O número de ocorrências de abuso sexual contra crianças no terceiro maior município acreano aumentou cerca de 26% nos últimos nove meses em relação...

Coligação Produzir Para Empregar lança logo mais campanha oficial de Bocalom e Marfisa

A Coligação Produzir Para Empregar lançará logo mais, às 18:30h, a campanha do professor Tião Bocalom e da sua vice, Marfisa Galvão, à Prefeitura...

Acre: BB limita cinco atendimento ao dia e candidatos são impedidos de tocar campanha; jornalista reage

Candidatos a prefeito e vereador que estão tentando abrir contas bancárias nas agências da capital denunciam que as instituições privadas estão se recusando a...

Nicolau Júnior prestigia comemorações dos 116 anos de Cruzeiro do Sul

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), participou na manhã de ontem (28), ao lado do governador Gladson Cameli,...

Fake News: milicianos de Kinpara e Bocalom mentem sobre Socorro Neri ter rejeitado Ney Amorim. Ex-deputado coordena campanha da prefeita

Socorro Neri nem pisou na rua para a campanha propriamente dita. Despacha como prefeita e não está preocupada com o que acontece lá fora. Mas tudo...

O Acre está na lista de nove estados que retomarão as aulas presenciais nas escolas públicas nos próximos dois meses. A grande imprensa fez levantamentos junto às secretarias estaduais e, de acordo com publicações desta terça-feira (21), o calendário da volta às aulas pós pandemia indica que em Rio Branco e nos demais municípios haveria condições mais seguras para reabrir as escolas no dia 8 de setembro. Nesta segunda-feira, o estado deixou a cor vermelha, que emergência, passando à laranja, de alerta. A situação ainda é preocupante, mas permite flexibilizações seguidas de cuidados de higiene pessoal  e orientações por parte dos estabelecimentos de ensino.

Se confirmada as previsões, Tocantins deve ser o primeiro estado a voltar com as aulas presenciais, já no início de agosto. Mas a capital do estado não acompanhará o calendário do governo estadual e já disse que em agosto, as aulas ainda serão remotas.

Em resumo:

apesar de sinalizarem a reabertura das escolas já para os próximos meses, poucos estados e capitais apresentaram planos e cronogramas definidos sobre como será o retorno
entre os que têm diretrizes traçadas, a retomada será gradual
alunos das séries de final do ciclo voltarão antes
a volta seguirá um modelo de revezamento de turmas

Além dos estados, as prefeituras de oito capitais anunciaram planos independentes de retomada. Entre as capitais, Cuiabá, Curitiba e Macapá planejam a volta para o mês que vem, mas ainda não têm uma data certa (veja cada uma das oito capitais no final da reportagem).

Previsões de retomada nos estados e DF

Nove estados e o Distrito Federal informaram que devem voltar às aulas no segundo semestre. Ao menos cinco voltarão em agosto e quatro marcaram a retomada para setembro.

Voltam em agosto:

Maranhão: 10 de agosto
Rondônia: agosto, sem dia definido
Tocantins: 3 de agosto
Rio Grande do Norte: 17 de agosto
Distrito Federal: 31 de agosto

Voltam em setembro:

Acre: 8 de setembro
Santa Catarina: 8 de setembro
São Paulo: 8 de setembro
Piauí: 22 de setembro.
Paraná: Setembro, sem dia definido




- Advertisement -

Mais notícias

1 COMENTÁRIO

  1. Vidas são mais importantes que aulas, nesse momento.

    Com toda a situação de pandemia, com o mal uso de máscaras por grande parte dos adultos, imagina crianças, com as condições ínfimas, espaços quentes, sem ventilação, sem um remédio eficaz contra a COVID-19, o Governo e Secretaria de Educação querendo a volta às aulas em setembro. Pelo amor de Deus! Não somos máquinas, somos vidas e queremos condições de trabalho e segurança. Como voltar sem essas condições mínimas à proteção de vidas contra uma doença que matou milhares de pessoas? Sou contra a volta às aulas antes de uma vacinação e readequação do espaço escolar, e higiene e/ou prevenção contra o vírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui