No menu items!
28 C
Rio Branco
segunda-feira, novembro 30, 2020

Minoru leva carão após dizer que conversaria sobre ser vice de Socorro; Soberba, Mara Rocha trata Gladson como “cabo eleitoral” após ameaçar “expulsá-lo” do PSDB

Últimas

Bocalom já começou com as patadas dele: “transição é pra encher linguiça”

A soberba da militância subiu à cabeça do prefeito eleito de Rio Branco. Para Bocalom, "transição de governo só serve para encher linguiça". Com...

Correios batem Embraer e Gol e são a empresa que melhor se comunica com o jornalismo

Os Correios receberam o título de “Empresa que Melhor se Comunica com Jornalistas”, na categoria Logística e Transporte, em 2020. A premiação, realizada pelo...

Segunda onda de Covid suspende visitas aos presos em Tarauacá

Os detentos da unidade prisional Moacir Prado, no município de Tarauacá, interior do Acre, estão desde o ultimo final de semana sem receberem visitas...

Nicolau Júnior pede que MP identifique entraves à sua gestão na Aleac: “tomaremos todas as providências” 

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), pediu que o Ministério Público do Acre (MPE) faça uma intervenção sobre...

Desequilibrada, presidente do PT chama Socorro Neri de “vagabunda” e Bocalom de “opressor” e será processada por injúria

Se dizendo excluída, Selma Neves, presidente do Partido dos Trabalhadores em Rio Branco, chamou a prefeita Socorro Neri (PSB) de vagabunda". Disse que o...

O professor Minoru Kimpara desligou o telefone ao ser questionado sobre a repentina mudança de idéia, após declarar que toparia conversar sobre ser vice da prefeita Socorro Neri. A entrevista dada ao acjornal, nesta sexta (reveja AQUI), faz o vice-governador e a deputada Mara Rocha emitirem uma ordem para que o ex-reitor da Ufac apagasse o incêndio dentro do PSDB, causado com sua afirmação. Imediatamente, Kinpara cavou espaço num site local, onde o vice-governador é cotista.

A irmã dele, a deputada Mara Rocha, presidente licenciada da executiva estadual, mandou soltar nota afirmando que o partido não negocia a cabeça de chapa. Pegou mal, ainda, a declaração da deputada, segundo a qual o governador seria expulso do ninho tucano caso impusesse Minoru como vice de Socorro Neri. Mesmo assim, a soberba da deputada perdurou. Já neste sábado, Mara tratou Gladson Cameli como “cabo eleitoral”, em mais uma nota emitida ao público, desta vez assinada por ela própria.

Bem-vindo governador!

Quero desejar as boas-vindas ao governador Gladson Cameli. 

O PSDB é um partido organizado, com executiva eleita e com um estatuto muito bem elaborado. Vossa excelência vai gostar! Todos que aqui chegam são bem recebidos, seja rico ou pobre, seja governador ou não. Temos muitos direitos no partido, mas também temos muitos deveres, como por exemplo a fidelidade partidária constante no nosso estatuto. Precisamos de um cabo eleitoral forte para apoiar todas as nossas candidaturas tucanas no estado, aliás quero afirmar que todas estão muito bem sacramentadas e firmes como uma rocha, com o aval das executivas estadual, municipais e todos os filiados do partido. Destaco aqui a pré-candidatura de Minoro Kinpara a prefeitura de Rio Branco. Venha governador para somar é seja um entre todos nós! Como presidente da sigla fico feliz de te um cabo eleitoral forte com sua envergadura para balançar a bandeira dos nossos tucanos nos pleitos do interior e na capital.

A casa aqui tem ordem, você vai gostar.!   

Mara Rocha

Deputada Federal




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui