No menu items!
24 C
Rio Branco
domingo, setembro 27, 2020

Vídeo mostra funcionária do Araújo antes da tragédia com BMW; peritos refazem trajeto para aferir velocidade e embriaguês

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Um novo vídeo, de ângulo diferente, mostra a funcionária do Grupo Araújo, Jonhliane Paiva de Souza, de 30 anos, trafegando em sua moto Biz pouco antes de ser atropelada e morta, na manhã desta quinta-feira, em Rio Branco. A mulher de 30 anos usava agasalho amarelo e estava em velocidade permitida para a Avenida Antônio da Rocha Viana. As imagens revelam um Fusca, modelo importado, passando adiante da vítima, enquanto a BMW azul, que a matou, vem atrás dela, numa velocidade extrema, proibida para aquela localidade.

A polícia refez o trajeto ao longo da avenida até a Rua Buenos Ayres, no Bairro Izaura parente, onde a BMW foi abandonada. O veículo teria “pregado” e o condutor, Ícaro Teixeira Pinto, de 33 anos, se evadiu. Ao negar socorro, o rapaz se complicou ainda mais. Ele é filho do advogado aposentado e ex-presidente do Juventus, José Teixeira Pinto, com a sindicalista Alcilene Gurgel, presidente do Sinproacre.

[videopress UO6tjr8D]

A perícia tenta mensurar a velocidade em que os dois veículos disputavam um racha e o nível de embriagues do motorista. Os danos causados na BMW e na moto da vítima ajudarão os peritos nesta questão. A vítima foi arrastada por cerca de 50 metros e teve morte instantânea, de acordo com os peritos.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui