Editorial: logo o Major Rocha falando de Golpe?

Uma postagem no perfil de uma rede social do vice-governador Major Rocha (PSL), que mais cuida do PSDB atacando a prefeita Socorro Neri, repercutiu na tarde desta sexta-feira (07).
Rocha se sentiu ofendido com uma declaração da prefeita, informando sobre visita que recebeu do empresário Fernando Zamora, que teve sua pré-candidatura detonada justamente pelo próprio Vice-governador.

No longo texto cheio de agressões e acusações, Rocha diz que a prefeita faz uma política rasteira e que teria se apropriado do cargo deixado pelo PT, para depois trair os que lhes colocaram na cadeira. Quanta hipocrisia!

Rocha usou o status de vice e foi buscar um dos fundadores do PT no Acre, Minoru Kimpara, para ser o candidato do PSDB, isso sem ao menos alinhar um projeto coletivo, das forças que chegaram ao poder comandadas por Gladson Cameli.

Queria o vice governador que a prefeita continuasse a abrigar aqueles que tanto mal fizeram ao Acre?

Logo ele que, dizem, foi o grande responsável por levar Lula pra cadeia?

Então Rocha, na cadeira de prefeito, daria guarida aos que ele próprio denunciou?

Quem não acompanhou o revés que o PSL do Acre sofreu com uma repentina declaração de amor de Rocha com à sigla?

Foi uma atitude de estadista tomar o partido de assalto, sem respeitar as lideranças locais, causando a ira de mais de 200 dirigentes no estado e 48 pré-candidatos na capital?

E vem falar de traição?

E quando o mesmo fez looby em Brasília e acabou com o projeto da pré-candidatura de Fernando Zamora, levando tempo de rádio e TV, além de um gordo fundo eleitoral para a candidatura Tucana?

Será que depois do que fez com os liberais, o vice-governador tem mesmo essa legitimidade para acusar alguém de Golpe?

Socorro Neri vai sofrer muitos outros ataques, exatamente por fazer uma administração limpa, transparente e tem a credibilidade da sociedade. Isso incomoda.

Aliás, incomoda muito mais o fato de ser, hoje,de acordo com as pesquisas, a única força política capaz de derrotar Minoru.

Sem contar no apoio declarado do governador Gladson Cameli, talvez a maior razão para o desespero do tucano.

O povo está de olho.

Já são cinco meses de Pandemia no Acre.

A prefeita Socorro Neri e o governador Gladson Cameli se dedicam a cuidar de vidas, enquanto outros fazem política e politicagem 24 horas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui