Carona da BMW confessa bebedeira antes da tragédia; Ícaro pode ser levado a Júri Popular

A mulher que viajava de carona na BMW que atropelou e matou uma motociclista de 30 anos, durante um racha, em Rio Branco, na quinta-feira passada, admitiu na delegacia que o condutor do veículo, Ícaro Teixeira Pinto, estava em sua companhia numa festa, horas antes do acidente. O casal ingeriu bebida alcoólica, disse a loira ao delegado Alex Danny.

A informação aumenta a possibilidade de Ícaro, que estava ao volante, ser indiciado por homicídio doloso. Além da ingestão de bebido, a alta velocidade indicam que o motorista teve a intenção de matar, ainda que inconscientemente. É a interpretação que se tem do que diz o Código Penal Brasileiro nesses casos. Ícaro, por sua vez, se manteve calado durante o interrogatório, ocorrido na tarde desta sexta-feira. As consequências, segundo um advogado consultado pela reportagem, é a construção de um júri popular tendo como réus Ícaro e o condutor do Fusca branco que também imprimia velocidade muito acima da permitida.

A polícia já tem as imagens do local onde o casal abandonou a BMW, na Rua Buenos Ayres, Bairro Izaura Parente, logo após o atropelamento e morte de Jonhliane Paiva de Souza.

Os peritos também constataram que o carro manteve velocidade constante no momento do impacto que lançou a mulher 50 metros á frente e destruiu a moto Biz. Os freios não foram usados e o airbag não acionou.

O próximo passo do trabalho da perícia é descobrir a velocidade em que Ícaro imprimia em sua BMS.

O condutor do Fusca que vinha à frente, Alan Lima, disse ao delegado que não conhecia Ícaro, e negou a ocorrência de racha. As imagens revelam o contrário, de acordo com os investigadores.

O delegado apura outra denúncia anônima, dando conta que um fusca branco participava de racha na Avenida Ceará. Um cidadão denunciou ao Ciosp, por meio do 190 da Polícia Militar, às 01: 21 hs de quinta-feira. As câmeras do Palácio do Comércio teria registrado a corrida, segundo o denunciante que não quis se identificar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui