Caso Jonlhiane: juiz se convence que houve racha e manda prender Ícaro Pinto e Alan Araújo de Lima

O juiz Alesson Braz, da Vara do Tribunal do Juri, mandou prender nesta quinta-feira, 13, Ícaro Pinto, o condutor da BMW que matou a jovem Jonlhiane Piva de 30 anos. Ele deve ficar preso preventivamente, se localizado. Ícaro estaria em Fortaleza e teria sido filmado por uma internauta na praia, na companhia da namorada e do pai.

O estudante Alan Araújo de Lima, que conduzia o novo fusca também teve a prisão preventiva decretada. Alan estaria disputando racha na Avenida Antônio da Rocha Viana, há uma semana, quando a BMW de Ícaro atropelou e matou uma mulher de 30 anos.

A prisão foi expedida por conveniência da instrução criminal e para assegurar a aplicação da lei penal. Ícaro Pinto e Alan de Lima foram indiciados por homicídio qualificado  pela morte da jovem Jonhliane Paiva de Lima. A prisão preventiva foi pedida pelo Delegado Alex Dany da 1ª regional da Policia Civil.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui