No menu items!
28 C
Rio Branco
sexta-feira, setembro 25, 2020

Governo distribui sacolões da alimentação escolar para alunos indígenas no interior do Acre

Últimas

Prepare-se: preço do arroz vai continuar subindo até março de 2021, diz presidente da Associação dos Supermercados do Acre

O empresário Aden Araújo fez uma previsão sobre os sucessivos reajuste no preço do arroz no Acre, na tarde desta sexta-feira. São projeções nada...

“Vi muitos abusos sexuais em grupos da Ayahuasca”, diz antropóloga

Carlos Minuano Colaboração para o TAB A cientista Bia Labate se diz uma vítima de condições desafiantes no Brasil. A antropóloga brasileira foi morar na Califórnia...

Quem atenta contra as normas de segurança alia-se à Covid no “ataque” à saúde pública e à Nação

Com mais de 105 mil mortes no total, cerca de mil óbitos e 45 mil novos casos por dia, a Covid-19 segue ameaçando de...

Decano do STF, Celso de Mello antecipa aposentadoria para outubro

O ministro Celso de Mello, que tinha aposentadoria agendada para novembro, comunicou à presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) que antecipará a data para...

PF incinera quase meia tonelada de drogas em Cruzeiro do Sul

A Polícia Federal em Cruzeiro do Sul/AC incinerou, ao final da tarde de quinta-feira (23/09/20), quase meia tonelada de drogas. O montante destruído é...

Estudantes indígenas matriculados na rede pública de ensino das aldeias Flor da Mata e Mãe Biná, no Rio Tarauacá, município de Jordão, no interior do Acre, foram contemplados no último final de semana com o programa de distribuição de cestas básicas da merenda escolar do governo do Estado.

Cada um recebeu um sacolão, equivalente a 70 quilos de alimentos, com itens de primeira necessidade, gênero alimentícios e produtos de higiene pessoal.

A mercadoria, proveniente do estoque da alimentação escolar, estava guardada nas escolas sem destino certo devido à suspensão das aulas em decorrência das medidas de isolamento social devido à pandemia de Corona Vírus.

Segundo o coordenador do núcleo da secretaria estadual de educação de Jordão, Gleison Lima Daniel, é uma orientação do próprio governador Gladson Cameli a inclusão dos estudantes indígenas no programa de compartilhamento da merenda escolar.

“A exemplo do que já aconteceu com os estudantes estaduais nos centros urbanos, agora foi a vez do governo contemplar, também, os indígenas que estão passando necessidade nesse momento de crise econômica com a pandemia do corona vírus.” Explicou.

Em outras aldeias indígenas acreanas o governo, também, já distribuiu sacolões provenientes da merenda escolar.

As doações fazem parte das medidas sócias adotadas pelo governo para auxílio as famílias mais carentes afetadas pela crise causada pelo isolamento social imposto pelas autoridades sanitárias para controle da doença no Acre.

O governo destinou toda alimentaçâo escolar, já estocada nas escolas, para confecção de cestas básicas e doação aos estudantes matriculados na rede estadual de ensino.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui