No menu items!
21 C
Rio Branco
quarta-feira, outubro 21, 2020

PT e MDB juntos e misturados na disputa em Rodrigues Alves

Últimas

Data Control: Socorro Neri lidera pesquisa em Rio Branco com 27.2%. Minoru tem 21.1%

A atual prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, está na preferência do eleitorado da capital acreana, segundo pesquisa de opinião pública   O Instituto Data Control...

Advogado e preso com 17 mil munições no Trevo de Senador Guiomard

O advogado Jaime Pontes Vasconcelos de 37 anos foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de munição. Ele foi flagrado transportando 17...

Ditadura em Cruzeiro do Sul: enfermeira perde Chefia da Saúde da Mulher, que ocupava há 14 anos, por não apoiar o primo do prefeito...

A enfermeira Renata Barbosa usou um perfil de rede social para relatar as razões pelas quais ela foi desligada do cargo de coordenadora do...

Calote anunciado: PSL despeja tudo na campanha de Minoru e os 26 candidatos a vereador ficam sem fundo partidário

Os 26 candidatos a vereadores pelo PSL em Rio Branco não têm como tocar a campanha por falta de fundo partidário. A insatisfação foi...

Mulher assiste filme pornô gay e descobre que um dos atores é o seu marido

Uma mulher, de 26 anos, teve uma surpresa quando escolheu assistir a um filme pornô assim que seu marido foi dormir, nos Estados Unidos. Enquanto escolhia qual...

Adversários históricos aparecem juntos nas eleições municipais em Rodrigues Alves. O ex-prefeito Burica anunciou que resolveu as pendências judiciais que o impendiam de ser candidato e já se lançou como pré-candidato a prefeito pelo PT. De imediato recebeu apoio da família e amigos do ex-prefeito Sebastião Correia do MDB, que faleceu a um mês vítima de infarto e deixou o mandato para seu vice Jailson Amorim (PROS), que também disputa a reeleição do cargo.
O MDB viu seus quadros serem sacados das secretarias e postos de poder na administração e rompeu com Jailson.
Sem um nome que possa aglutinar o grupo do saudoso Sebastião Correia, o MDB caminhará com o Petista Burica, que já foi prefeito por dois mandatos e saiu com problemas de improbidade administrativa, mas que afirmou ter resolvido todas e estar apto a disputar o pleito.
Vagner Sales, Jéssica Sales e Márcio Bitar (MDB), estrão dividindo o palanque de Burica, com Jorge Viana, Jonas Lima (PT) e Major Rocha (PSL). Já no Palanque de Jailson Amorim (PROS); estarão o senador Sérgio Petecão, Edvaldo Magalhães, Deda, deputada Maria Antônia e Perpétua Almeida.
O eleitor que que se divide em exército ideológico, precisará tirar um tempinho para digerir as alianças improváveis que se formam nas eleições deste ano.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui