Energisa interrompe fornecimento sem avisar e deixa frigorífico, granja e cerâmica no prejuízo

A lei diz que o consumidor deve ser avisado com 24 horas de antecedência. Mas a Energia descumpriu a lei. Deu início a uma manutenção na rede, na estrada que dá acesso a Plácido de Castro, desligou o fornecimento de energia para fazer os reparos e causa prejuízos ainda não calculados por empresários da região. Uma cerâmica, uma granja e um frigorífico paralisaram toda a linha de produção nesta terça-feira.

O empresário João Ricardo buscou explicações junto aos trabalhadores de campo, que estão no local realizando os reparos. mas foi informado que somente a empresa poderia se manifestar, de acordo com vídeo gravado pelo próprio empresário.

“Eu havia dado início ao abate de 20 vacas. A inspeção sanitária veio no meu estabelecimento e disse que essa carne toda não poderia ficar por mais de 45 minutos sem resfriamento. Todo o meu equipamento é elétrico e depende de energia. Aqui nada é manual. Estou num prejuízo danado e a Energisa dá as costas,ao invés de tratar o consumidor com mais respeito”,declarou.

A reportagem tentou obter informações na empresa que distribui a energia para todo o Acre. Não houve retorno.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui