Tragédia em Acrelândia: brasileiro estupra boliviana de 14 anos e comparsas matam mãe e irmão menor da vítima

Uma garota de 14 anos era estuprada quando o pai dela chegou em casa e viu tudo, no Ramal do Pelé, em terras bolivianas próximas ao município de Acrelândia. Inconformado, o pai desferiu uma paulada no criminoso, que desmaiou.

Em seguida, o homem amarrou o bandido e saiu para chamar a polícia. Foi quando dois ou três comparsas do estuprador (a polícia não sabe dizer ao certo quantos eram) chegaram na casa, libertaram o criminoso e mataram a mãe e um filho menor da mulher. Todas as vítimas são estrangeiras e os criminosos, brasileiros. A menina violentada sexualmente também foi ferida a tiros na região do tórax e trazida às pressas ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde  foi submetida a cirurgia.

A tragédia aconteceu na noite desta segunda-feira. A polícia informou que não tem autonomia para investigar o caso, considerando que os crimes aconteceram em território estrangeiro. O delegado de Acrelândia tenta contato com a policia boliviana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui