BMW assassina: Ícaro é denunciado por seis crimes e Alan Araújo, por 5

Ícaro José da Silva Pinto e Alan Araújo de Lima foram denunciados pelo Ministério Publico Estadual pela morte da jovem Jonhliane Paiva. As autoridades estão convencida de que o acidente foi provocado por racha na Avenida Antônio da Rocha Viana.

Na denuncia assassinada pelo promotor de Justiça Efraín Enrique Mendonza denuncia Ícaro Pinto, condutor da BMW, por cinco crimes. São eles: homicídio qualificado, racha, colocar em risco a vida ou saúde de outrem, omissão de socorro, fuga do local do crime e embriagueis ao volante.

Já o estudante Alan Araújo foi denunciado pelos mesmos crimes, com exceção de embriagueis ao volante.

Na denuncia o promotor relatou que após ser atropelada a jovem foi arremessada a uma distancia de 74,50 metros. A motocicleta da vitima foi arrastada por mais de 130,30 metros.

Se a denuncia foi aceita pelo Juiz Alesson Braz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Ícaro e Alan passaram da condição de acusados para réus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui