No menu items!
22 C
Rio Branco
quarta-feira, outubro 28, 2020

 Latrocida que matou sargento da PM em Cruzeiro do Sul é preso em Recife

Últimas

“Generosa”, vice de Jamyl Asfury doa sozinha R$ 750 mil para campanha do PSC. 26 candidatos a vereador ficam sem nada

O site da Justiça Eleitoral informa que a assistente social Edivanda Maria de Paula Ferreira doou sozinha R$ 750 mil para a campanha majoritária...

TSE aprova envio de tropas federais para as eleições no Acre e outros seis estados

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (27), por unanimidade, o envio de tropas federais a sete estados durante o primeiro turno das eleições...

“O êxito na luta contra a pandemia é de vocês”, diz Gladson em emocionante homenagem aos servidores do Pronto-Socorro

Da Secom Com a sensibilidade e a responsabilidade que um gestor deve ter, o governador Gladson Cameli esteve presente na manhã desta terça-feira, 27, no...

Prefeitura de Rio Branco empossa mais 42 servidores efetivos na Educação

A prefeitura de Rio Branco empossou na manhã desta segunda-feira, 26, mais 42 novos servidores efetivos, aprovados em cursos públicos e que reforçarão as...

Primeira dama Ana Paula Cameli processa cabo eleitoral de Fagner Sales por grave ofensa moral; Gladson vai à polícia

A primeira dama Ana Paula Cameli protocolou uma ação indenizatória contra a internauta Jenyffer Nayane Silva, cabo eleitoral do candidato a prefeito de Cruzeiro...

O fugitivo da Justiça do Acre José Valdenes Viana da Silva foi preso na manha desta quinta-feira, 17, em Recife, durante uma ação conjunta da polícia de Pernambuco com investigadores do Acre.
José Valdenes, que usava documentos falsos, foi preso em um Bairro de classe média. Ele foi condenado pelo roubo e morte do Sargento da Polícia Militar Marcos Roberto. O crime ocorreu em Dezembro de 2014, em Cruzeiro do Sul.
José Valdenes participou da fuga em massa do presídio Francisco de Oliveira Conde no dia 19 de janeiro deste ano, quando 26 detentos escaparam da unidade.
Policiais da Delegacia de Combate as Ações Criminosas (DRACO) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) participaram da ação policial.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui