No menu items!
26 C
Rio Branco
terça-feira, outubro 27, 2020

Bombeiros canalizam água de açude para combater incêndio que já dura um mês em Lixão de Rio Branco

Últimas

Jornalista afirma que assessores de Jéssica Sales também espalham Fake news para atacar governador Gladson Cameli

Leandro Altheman, jornalista na região do Juruá, costuma fazer publicações contra o que chama de velha política. O jornalista afirma que as fakenews contra o...

Novos talentos: jornalista promove incentivo e premiação para crianças

A jornalista e apresentadora do canal ARTISTA EM FOCO, no YouTube, Katiussi Melo, organizou uma programação especial nesse mês de outubro, em comemoração ao...

Polícia Federal usará drones para fiscalizar eleições no Acre

A Polícia Federal usará DRONES durante as eleições a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais. Visando aumentar a segurança...

Além de amantes, prefeito Bira, de Xapuri, paga comissionados fantasmas que fazem Medicina na Bolívia

Além de duas supostas amantes do prefeito Bira Vasconcelos, pelo menos quatro estudantes de Medicina na Bolívia estariam incluídos na lista de funcionários fantasmas. Eles...

No PSL do Acre, candidato com mais potencial recebe mais fundo partidário

Se engana quem pensar que o candidato mais pobre terá maior repasse do fundo partidário para tocar sua campanha. Esse critério passou longe das...

A operação de combate ao incêndio que se alastra pelo subsolo do aterro de resíduos sólidos da capital acreana completou um mês nesta quinta-feira, dia 24 de setembro. Não há precisão para acabar a operação que tenta apagar o incêndio.

O Corpo de Bombeiros busca medidas que reduza o custo dos trabalhos diários de enfrentamento às chamas. Uma das medidas adotadas foi a canalização de trezentos metros de rede hidráulica improvisada para transpor a água de um açude próximo, direto para a região que está em chamas.

O Corpo de Bombeiros instalou bombas de sucção para aumentar a potência dos jatos de água. Segundo o Comandante da Corporação, coronel Carlos Batista, isso tem dado agilidade às ações das brigadas para garantir resfriamento diário do local.

“A gente conseguiu manter o abastecimento constante de água e evitamos despesas com caminhões pipa indo e vindo levando água”, disse.

Sobre a previsão para apagar o incêndio o Corpo de Bombeiros acreano ainda não se arrisca em emitir uma data exata. Mas garante que a situação, no contexto geral, já não oferece mais riscos de se alastrar para a vizinhança.

As brigadas de incêndios, compostas também por operários da prefeitura de Rio Branco, trabalham em três frentes de serviço, divididas em lançar jatos de água direto nos locais onde existem chamas; remover o entulho do subsolo para criar uma espécie de vala de isolamento dos locais já afetados pelo fogo e resfriamento de toda a parte ainda não atingida pelas chamas para evitar o alastramento do fogo.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui