No menu items!
26 C
Rio Branco
terça-feira, outubro 27, 2020

Bolsonaro negou o prometido apoio a Roberto Duarte; candidato do presidente em Rio Branco foi último colocado em 2016

Últimas

Jornalista afirma que assessores de Jéssica Sales também espalham Fake news para atacar governador Gladson Cameli

Leandro Altheman, jornalista na região do Juruá, costuma fazer publicações contra o que chama de velha política. O jornalista afirma que as fakenews contra o...

Novos talentos: jornalista promove incentivo e premiação para crianças

A jornalista e apresentadora do canal ARTISTA EM FOCO, no YouTube, Katiussi Melo, organizou uma programação especial nesse mês de outubro, em comemoração ao...

Polícia Federal usará drones para fiscalizar eleições no Acre

A Polícia Federal usará DRONES durante as eleições a fim de auxiliar os policiais na prevenção e repressão de crimes eleitorais. Visando aumentar a segurança...

Além de amantes, prefeito Bira, de Xapuri, paga comissionados fantasmas que fazem Medicina na Bolívia

Além de duas supostas amantes do prefeito Bira Vasconcelos, pelo menos quatro estudantes de Medicina na Bolívia estariam incluídos na lista de funcionários fantasmas. Eles...

No PSL do Acre, candidato com mais potencial recebe mais fundo partidário

Se engana quem pensar que o candidato mais pobre terá maior repasse do fundo partidário para tocar sua campanha. Esse critério passou longe das...

Eufórico, o candidato a prefeito pelo MDB, Roberto Duarte, e sua vice, Antônia Lúcia (PL), viajaram para Brasília afirmando que iriam gravar com Bolsonaro. A peça que eles pretendiam usar no horário eleitoral traria um presidente convicto de que a dupla seria a melhor proposta para gerir Rio Branco a partir de janeiro de 2021.

Mentiram !

Levados pelo senador Márcio Bittar (MDB), que senta com o presidente toda manhã para discutir o orçamento, o candidato saiu as carreiras para posar ao lado do presidente.

Foi e voltou com uma mísera foto

Cortesia de um chefe de estado que posa para foto com qualquer um.

Duarte postou a imagem, mas não teve uma declaração sequer de apoio, muito menos o vídeo prometido.

Na imprensa, em release escrito pela sua assessoria, o candidato diz que Bolsonaro disse a Bittar que poderia usar o seu nome, em Rio Branco, para um suposto apoio a Duarte.

Nada mais suspeito e vergonhoso.

Virou disse-me-disse de lavadeira.

E mais: Roberto ataca a prefeita, numa evidente prova de que lhe faltam propostas.

O vídeo gravado e postado tem a presença apenas de Márcio Bittar, Antônia Lúcia e Duarte, que nem precisariam ter viajado para uma gravação previsível e trivial

A transferência de votos é uma das coisas questões mais raras na política, principalmente no Acre, lugar onde as pessoas costumam votar não em projetos ideológico, mas sim em pessoas e grupos políticos.

Um exemplo prático foi na eleição de 2018 quando Bolsonaro obteve a maior vitória dentre todos os demais presidenciáveis, enquanto seu candidato a prefeito, o Coronel Ulysses Araújo (PSL), ficou em último lugar na disputa.

Vale a máxima: quando um candidato não decola, nem cai nas graças do povo, este pode aparecer ao lado do papa, da rainha da Inglaterra. Nem assim o povo o abraça.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui