No menu items!
24 C
Rio Branco
sexta-feira, outubro 23, 2020

Após zerar internações, hospital de Sena tem 75% dos leitos ocupados; “O povo não está se cuidando”, diz diretor

Últimas

DCE da Ufac e UMES/AC promovem debate com os candidatos a prefeito de Rio Branco

DCE da Ufac e UMES/AC promovem debate com os candidatos a prefeito de Rio Branco Estabelecer um diálogo político com a academia. Esse é o...

Dez servidores da Aleac são afastados da vida pública em operação da PF por “rachadinha”, contratação de fantasmas e fraude em contratos de publicidade

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (22), a “Operação Res Principis” na capital acreana, Rio Branco, e em Chopinzinho, no interior do Paraná, visando...

PF faz buscas na Assembleia Legislativa do Acre e apreende documentos em empresa terceirizada

A Polícia Federal amanheceu cumprindo ordens judiciais para busca e apreensão em Rio Branco. A empresa Maia e Pimentel é uma das investigadas. A...

 Prefeito petista de Xapuri manda única retroescavadeira para fazenda de amigo e município leva prejuízo de R$ 500 mil

 Uma retroescavadeira avaliada em quase meio milhão de reais, pertencente à Prefeitura de Xapuri, teria ficado inoperante ao cair de uma ponte, dentro de...

Advogado Lázaro Barbosa promete, se eleito, desmontar em 3 meses o esquema das empresas de ônibus em Rio Branco

O candidato a Vereador Lázaro Barbosa, jornalista e advogado, apresentou nas suas redes sociais uma proposta que está repercutindo bastante, destinada a baixar o...

Nas últimas quarenta e oito horas o hospital de campanha do município de Sena Madureira (AC) a 144 quilômetros da capital Rio Branco, chegou a 75% de ocupação de sua capacidade máxima.

A maioria dos pacientes é de crianças e idosos de grupos familiares cujo uma única pessoa teve contato com alguém infectado fora de casa e levando a doença para os demais parentes.

As informações colhidas pela própria secretaria estadual de saúde sobre ama nova onda de infecção pela Covid 19 levam as autoridades locais a desconfiar que está ocorrendo surtos da doenças em grupos familiares da cidade.

Segundo o diretor do hospital geral de Sena Madureira, Daniel Herculano, isso estaria ocorrendo porque a população local teria abandonado as medidas de proteção individual contra a doença.

“Aqui existe uma falsa impressão de que as coisas estão dentro da normalidade, mas não estão. A verdade é que o vírus ainda é circulante em nosso meio e as pessoas deixaram de usar máscaras e abandonaram as medidas de proteção individual”, disse.

A cidade, que chegou a zerar o número de internações por duas semanas,, no último domingo tinha apenas um paciente hospitalizado.

Mas, de uma hora para outra, amanheceu a terça-feira com dez pessoas sob observação médica permanente.

Entre os hospitalizados estão cinco crianças de uma mesma família e um idoso, que junto com os netos teria sido contaminado por um parente que contraiu a doença fora do ambiente familiar.

Se o número de pessoas hospitalizadas continuar crescendo no mesmo ritmo dos últimos dois dias, nas próximas 24 horas o hospital de campanha local não terá mais leitos disponíveis para receber os novos doentes e o jeito será a transferência de pacientes para Rio Branco.

Segundo o médico e pesquisador da Universidade Federal do Acre, Odilson Silvestre, o Brasil vive, hoje, o momento mais vulnerável para o retorno da doença em proporções bem mais perigosas.

“A julgar pelo que já vivenciamos não se descarta a possibilidade de uma segunda onda da doença nesse momento em que as pessoas acreditam que o pior já passou e estão abandonando, por conta própria as medidas de segurança e proteção individual”, afirmou.

A tal segunda onda da doença já vem sendo registrada no vizinho Estado do Amazonas e no Rio de Janeiro com a triplicação de novas internações.

No caso de Sena Madureira não foi só o número de internações hospitalares que aumentaram nos ultimos dias.

A cidade registrou dois óbitos nas ultimas duas semanas, chegando a 15 mortes por covid-19 e 1.743 casos já confirmados da doença em uma população de 43 mil habitantes.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui