No menu items!
31 C
Rio Branco
segunda-feira, outubro 26, 2020

PIX não permitirá cancelar transação após confirmação de pagamento

Últimas

Debate de uma nota só – Por Socorro Camelo

  O primeiro debate entre os candidatos à prefeitura foi, já à primeira vista, muito didático, em relação aos paradoxos da nossa sociedade. Enquanto as mulheres...

Justiça eleitoral de Cruzeiro do Sul, caça candidatura do vereador Romário Tavares (MDB), um dos mais fortes da chapa de Fagner Sales

Concluindo o 5º mandato de vereador seguidos, Romário Tavares foi enquadrado no crime de improbidade administrativa no período em que esteve como presidente da...

Carreirista, Roberto Duarte não decola e perde tempo atacando Socorro Neri

Depois que a prefeita Socorro Neri (PSB) ultrapassou os adversários na última pesquisa, o nível de ataques de alguns adversários vem aumentando contra a...

Jarbas Soster reúne milhares de apoiadores em arrastão no Calafate e carreata no Centro de Rio Branco

Na manhã deste sábado, 24, o candidato a prefeitura de Rio Branco, Jarbas Soster, reuniu centenas de pessoas em uma caminhada pelo bairro Calafate....

Gladson busca apoio do Exército para ofertar água potável em comunidades indígenas e ribeirinhas

Da Secom Os esforços do governador Gladson Cameli para melhorar a qualidade de vida da população acreana não param. Cumprindo agenda em Manaus (AM), nesta...

O PIX, novo sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central (BC), não permitirá o estorno ou o cancelamento de uma operação após a confirmação do pagamento.

De acordo com informações do Banco Central, o consumidor poderá, por exemplo, alterar o valor a ser pago ou cancelar a transação apenas antes da confirmação do pagamento.

“Após a confirmação, como a liquidação do PIX ocorre em tempo real, a transação não poderá ser cancelada”, ressaltou a autarquia, que garante segurança no sistema.

No entanto, o pagador poderá negociar com o recebedor a devolução do valor. “A devolução é uma funcionalidade disponível no PIX e é sempre iniciada pelo próprio recebedor”, diz o comunicado.

Mudança

Atualmente, quando o consumidor compra algo pela internet com um cartão de crédito e o produto não chega, por exemplo, ele pode pedir estorno da operação ao banco.

A proposta do BC com o PIX é baixar custos e aumentar a velocidade das operações. O serviço estará disponível 24 horas por dia, sete dias por semana e em todo o ano.

Na prática, o país ganha mais uma alternativa para efetuar transações, além dos modelos tradicionais já existentes, como TED, DOC, boleto, cheque e cartões, por exemplo.

A partir de 3 de novembro, começará uma fase de testes do PIX, em que o serviço será disponibilizado para alguns clientes. O sistema será ampliado a partir de 16 de novembro.




- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui